Chateado com Juvenal, Luis Fabiano admite procura e possível saída

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Uma das sondagens - já recusada - foi do Internacional. Outros clubes brasileiros também manifestaram interesse no jogador do São Paulo

Site oficial
Luis Fabiano abriu o placar para o São Paulo contra o Londrina

A declaração de Juvenal Juvêncio de que Luis Fabiano não é mais inegociável incomodou muito o atacante. Autor de um dos gols da vitória do São Paulo por 2 a 1 no amistoso contra o Londrina, nesta quarta-feira, ele externou sua insatisfação e admitiu que, por conta do que foi dito há quase duas semanas pelo presidente do clube, outras equipes já o procuraram.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Estou recebendo algumas coisas. Agora temos que encarar tudo o que foi formado, foi dito, na sexta-feira (passada), infelizmente. A entrevista me pegou um pouco de surpresa. Agora a coisa está borbulhando", disse o jogador, ainda no intervalo - ele e os outros dez jogadores de linha não voltaram para a segunda etapa, pois o técnico Ney Franco quis dar chance a outros atletas.

Uma das sondagens - já recusada - foi do Internacional. Outros clubes brasileiros também manifestaram interesse, porém. Segundo o centroavante, embora a diretoria agora minimize a entrevista de Juvenal, sua sequência no São Paulo está mesmo em risco.

Leia mais: Luis Fabiano e estreante garantem vitória do São Paulo em amistoso

"No futebol, tudo pode acontecer. A gente sabe que existem muitas coisas, existe interesse. O que é normal, a partir do momento que o clube coloca à venda, até mesmo aqueles que ficaram no CT apartados já encontraram time. Isso é normal", comentou o camisa 9, avisando que cumprirá seus deveres enquanto vestir a camisa tricolor. "Por enquanto, estou aqui".

Nesta quarta-feira, Luis Fabiano fez o primeiro gol são-paulino. Após cruzamento de Thiago Carleto vindo da ponta esquerda, ele saltou entre dois marcadores e cabeceou para a rede. Na comemoração silenciosa, foi abraçado por todos, em sinal de apoio dos companheiros.

Leia tudo sobre: luis fabianojuvenal juvênciosão pauloigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas