Campeão, o atacante tem outros motivos para festejar. Na comemoração do gol, pôs a bola abaixo da camisa, em alusão à gravidez da mulher

O Al Rayyan se sagrou neste sábado campeão da Copa Emir, no Catar, ao derrotar o Al Sadd por 2 a 1. O destaque no Khalifa Stadium foi o brasileiro Nilmar, que fez um gol e sofreu pênalti convertido pelo compatriota Fábio César.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nilmar abriu o placar logo aos seis minutos e sofreu o pênalti três minutos depois. Apesar da vantagem construída no começo, o triunfo não foi fácil. Aos dez minutos do segundo tempo, o espanhol Raúl descontou, e o Al Sadd só não empatou por desperdiçar suas chances.

Depois de o adversário perder ótima oportunidade com Nadir Belhadj, já com o goleiro batido, a torcida do Al Rayyan ficou apreensiva em razão dos seis minutos adicionados pelo árbitro ao fim da segunda etapa. Apesar do acréscimo, porém, a equipe treinada pelo uruguaio Diego Aguirre sustentou o resultado.

Campeão, Nilmar tem outros motivos para festejar. Na comemoração do gol, pôs a bola abaixo da camisa, em alusão à gravidez da mulher. Por fim, o brasileiro revelado pelo Internacional, que tem passagem também pelo Corinthians, ainda foi eleito o melhor jogador da partida.

Fábio César, que também balançou a rede, foi o responsável por levantar o troféu. Formado nas categorias de base do São Paulo, o capitão de 34 anos não chegou a atuar profissionalmente no Brasil, mas passou pela República Tcheca e pela Itália antes de ir para o futebol árabe.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.