Neymar da Silva Santos, pai do atacante, se reuniu com Raúl Sanllehí e o negócio entre Barcelona e Santos ainda não foi acertado

A novela envolvendo o futuro do atacante Neymar teve mais um capítulo nesta quinta-feira. Isto porque, o diretor esportivo do Barcelona, Raúl Sanllehí, chegou ao Brasil na quarta e teve uma reunião com o pai do atacante, Neymar da Silva Santos, nesta quinta. O encontro ocorreu na sede da NR Sports, empresa que pertence a família do camisa 11 do Santos . Os empresários Marquinhos Malaquias e André Cury também participaram da reunião, na Baixada Santista.

Veja fotos da carreira de Neymar: 


Os catalães, entretanto, não conseguiram chegar a um entendimento para a saída imediata de Neymar para o Barça. O pai do craque santista se mantém relutante em encerrar a ligação do filho com a equipe praiana, sendo que a partir de janeiro de 2014, Neymar estará livre para assinar um pré-contrato com qualquer clube - o vínculo do jogador com o Peixe é válido até julho do próximo ano.

A pressa do Barcelona na tentativa de um acordo tem como principal fator a disputa com o seu maior rival no futebol espanhol, o Real Madrid. Os merengues também estão mantendo conversas com Silva Santos.

Vale lembrar que o vice-presidente alvinegro, Odílio Rodrigues, esteve recentemente em viagem pela Espanha, onde recebeu os primeiros números das negociações com os dois gigantes do país.

A multa rescisória de Neymar para o exterior está avaliada em 65 milhões de euros (R$ 170, 4 milhões), mas o Santos aceita receber 50 milhões de euros (R$ 131 milhões) pela sua parte nos direitos econômicos do camisa 11, que equivalem a 55% do total. O grupo DIS possui 40% e a Teisa (Terceira Estrela Investimentos S.A), de um grupo ligado aos dirigentes do Peixe, é detentora dos 5% restantes.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.