Bahia vence, mas é eliminado pelo Luverdense e amplia crise

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe vence por 1 a 0, mas não consegue reverter derrota por 2 a 0 do primeiro jogo e dá adeus à Copa do Brasil

Edson Ruiz/Gazeta Press
Bahia vence, mas é eliminado

O Bahia tentou, mas não conseguiu amenizar a crise. Após ser goleado por 7 a 3 pelo rival Vitória na final do Campeonato Baiano, a equipe ampliou a má fase ao ser eliminada pela Luverdense na segunda fase da Copa do Brasil mesmo vencendo por 1 a 0 em casa.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Já sem Joel Santana, o time encontrou dificuldades no primeiro tempo e viu a equipe de Lucas do Rio Verde criar oportunidades. Já na etapa final, os mandantes marcaram com Rafael Donato após cobrança de escanteio e buscaram o segundo gol, mas não tiveram sucesso.

A vitória pelo placar mínimo na Arena Fonte Nova não foi suficiente para compensar a derrota por 2 a 0 no jogo de ida. Assim, a Luverdense avança e encara Fortaleza ou Confiança na quarta fase. No primeiro jogo, em Aracaju, empate por 1 a 1 entre as equipes.

O jogo

O Bahia tentou começar o jogo se lançando ao ataque, mas quem assustou primeiro foi a Luverdense. Logo aos cinco minutos, Tozin cabeceou pela linha de fundo após cruzamento da esquerda.

Os visitantes foram melhorando no jogo e tiveram outra chance aos 21 minutos, quando Omar fez boa defesa para impedir gol de Tozin, que desviou cruzamento de Gilson na área.

A primeira oportunidade do Tricolor de Aço veio apenas aos 36 minutos em finalização de longa distância. Fahel arriscou e mandou a bola pela linha de fundo. Já no segundo tempo, aos seis minutos, Júlio Terceiro perdeu grande chance para a Luverdense ao cabecear para fora após cobrança de falta.

O Bahia, porém, foi evoluindo no jogo até chegar ao gol. Aos 20 minutos, Gabriel Leite espalmou levantamento para escanteio. Após a cobrança, Rafael Donato mergulhou para cabecear e abrir o placar.

Logo no minuto seguinte, porém, Tozin levou vantagem sobre no jogo aéreo mais uma vez para cabecear na pequena área e se aproximar muito do empate, mas a bola pegou na trave.

O Tricolor de Aço chegou a se aproximar do segundo gol aos 41 minutos, quando Gabriel Leite fez boa defesa para barrar cobrança de falta de Marquinhos, mas a equipe não conseguiu o resultado que precisava.

Leia tudo sobre: bahiacopa do brasil 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas