Newell’s quer voltar a ser visitante indigesto para eliminar Vélez

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

A única maneira para o Newell’s avançar às quartas de final é com uma vitória na casa do Vélez, feito que a equipe conseguiu há quase um mês, pelo Campeonato Argentino

O baque foi grande na partida de ida para o Newell’s Old Boys. Diante da torcida em El Coloso del Parque, Newell’s pressionou, mas acabou perdendo para o Vélez Sarsfield por 1 a 0. Para seguir vivo na Copa Libertadores da América, o time treinado por Gerardo Martino precisa vencer no José Amalfitani nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília).

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No jogo de ida, o Newell’s atacou o Vélez durante os 90 minutos, principalmente pelos pés do artilheiro Ignacio Scocco. Contando com a sorte, El Fortín foi salvo pela trave e pelas boas defesas do goleiro uruguaio Sebastián Sosa.

A única maneira para o Newell’s avançar às quartas de final é com uma vitória na casa do Vélez, feito que a equipe conseguiu há quase um mês. Pelo Campeonato Argentino e cinco dias antes da partida válida pela Libertadores, o Newell’s venceu em José Amalfitani por 3 a 1 com gols de Tonso, Cáceres e Urruti, enquanto Rescaldani descontou.

Outro combustível para a decisão desta terça-feira é a liderança no Argentino. Depois de rodear as últimas posições, o time rubro-negro arrancou e agora é o líder do torneio. "Estamos pensando em ganhar e chegar às quartas. É lindo ver que, depois de lutar contra o rebaixamento, estamos na liderança e ainda disputando uma Libertadores. Vamos brigar em todas as frentes, nos sacrificando pela equipe", prometeu o ídolo Maxi Rodríguez.

Se o Newell’s tem em Maxi a grande esperança para a vaga nas quartas de final, o Vélez também tem um jogador com passagens pelo futebol europeu para liderar a equipe. O meio campista Fernando Gago, que desfalcou os albicelestes no primeiro jogo, se recuperou de lesão e está à disposição do técnico Ricardo Gareca.

Com o retorno do ex-jogador de Real Madrid e Roma, o Vélez deve ter em campo Sebastián Sosa; Gino Peruzzi, Juan Sabia, Sebastián Domínguez y Emiliano Papa; Francisco Cerro, Franco Razzotti, Fernando Gago y Federico Insúa; Jonathan Copete y Lucas Pratto. Já Gerardo Martino ainda não projetou a escalação que iniciará a partida.

O Vélez Sarsfield consegue a classificação com qualquer empate ou vitória diante de sua torcida. A situação do Newell’s Old Boys, por outro lado, é mais complicada, já que o único resultado que garante vaga nas quartas de final é vitória: por 1 a 0 a decisão vai para os pênaltis, enquanto outros triunfos garantem vaga direta.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas