Marcos considera Bruno apto a brigar por vaga com Fernando Prass

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Assim que chegou, o ex-vascaíno assumiu a condição de titular, mas sofreu uma lesão no ombro esquerdo na última partida da primeira fase do Paulistão

Luís Moura/Gazeta Press
Bruno e Fernando Prass, goleiros do Palmeiras

A partida contra o Tijuana, nesta terça-feira, pode ser a grande chance do goleiro Bruno na briga pela vaga de titular do Palmeiras. Dono da posição neste período em que Fernando Prass está machucado, o jogador tem a confiança do ex-goleiro Marcos, que o considera em condições de lutar pelo posto definitivo.

Palmeiras pega o Tijuana no Pacaembu, para aumentar série e avançar às quartas

"Nós conversamos bastante. Não falamos sobre o que ele tem de fazer nos jogos, mas sim como amigos. Goleiro ganha posição todo dia. Se ele conseguir manter a regularidade, pode ganhar a posição. O Kleina mesmo falou que, se o Bruno mantiver as atuações, o Prass vai ter de esperar", afirmou.

Fernando Prass foi contratado no início do ano porque Bruno não conseguia passar segurança à torcida, mesmo tendo sido campeão da Copa do Brasil no ano passado. Assim que chegou, o ex-vascaíno assumiu a condição de titular, mas sofreu uma lesão no ombro esquerdo na última partida da primeira fase do Paulistão, justamente antes das fases decisivas do Estadual e da Libertadores.

Palmeiras pode igualar melhor campanha de time da Série B na Libertadores

Assim, Bruno assumiu a posição e se destacou contra o Santos, mesmo sem ter conseguido evitar a derrota nos pênaltis no Paulistão. Depois, voltou a ser elogiado no empate por 0 a 0 contra o Tijuana, há duas semanas, no México. No entanto, Marcos adverte que o amigo precisa se manter em bom nível por mais tempo.

"Não pode ganhar um título e ter queda de rendimento depois. Goleiro tem de ser muito regular. Se em dez jogos o goleiro entregar a rapadura em dois, está bom de mais. Ele foi campeão no ano passado, está tendo oportunidade de novo e, se pegar firme, pode permanecer", concluiu.

Leia tudo sobre: palmeirasbrunomarcosfernando prassigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas