Por tempos distintos, Neymar considera que empate seria mais justo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Na avaliação do atacante, Santos foi mais perigoso no segundo tempo. As chances de erguer o tetra do Paulistão ainda são grandes, segundo ele

Nacho Doce/Reuters
Danilo persegue Neymar no primeiro jogo da final do Paulistão

Neymar admitiu que o Corinthians teve domínio amplo sobre o Santos neste domingo, mas só no primeiro tempo. Na opinião do astro, a derrota por 2 a 1 na primeira final do Campeonato Paulista não foi o resultado mais justo, já que considera que sua equipe foi superior ao adversário no Pacaembu na segunda metade da partida.

Comente esta notícia com outros torcedores

"No primeiro tempo, a vitória foi do Corinthians. Mas, no segundo, fomos melhores", opinou o camisa 11. "No primeiro tempo, o Corinthians foi muito melhor, temos que reconhecer, mas jogamos mais no segundo tempo. Não merecíamos tomar gol no segundo tempo", lamentou.

O atacante pouco pôde ficar com a bola na etapa inicial, aparecendo mais quando optou por voltar do meio de campo e buscá-la. Após o intervalo, obrigou Cássio a fazer grande defesa em uma cabeçada sua e vibrou com o gol de Durval, mas lamentou pelos tentos de Paulo André e Paulinho, que sentenciaram a vitória corintiana.

Leia mais: Santos confirma dirigente na Espanha e Neymar se cala sobre Barcelona

"Não sei o que aconteceu, não conseguimos jogar no primeiro tempo, erramos muitos passes. Mas voltamos melhores no segundo tempo, A gente se impôs, conseguiu acertar mais passes e foi melhor. Isso nos fez crescer. Agora é buscar a vitória na Vila", indicou Neymar.

A apresentação no segundo tempo deixou o principal jogador do Peixe bastante esperançoso. "O time está vivo. Está em aberto, fizemos um gol que ajudou muito. Com uma vitória lá, conseguiremos o título", apostou o astro.

O Santos garante o inédito tetracampeonato paulista no tempo normal do clássico do próximo domingo em caso de vitória por dois gols de diferença. Triunfo por vantagem mínima leva a decisão para os pênaltis e qualquer outro resultado deixa a conquista para o Corinthians.

Leia tudo sobre: NeymarSantosfinalCampeonato Paulista 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas