Volante recebe terceiro amarelo e fica fora do clássico contra o Cruzeiro pela final do Paulista. Zagueiro ainda se recupera de fratura na mão

Pierre em treino do Atlético-MG
Bruno Cantini/Divulgação
Pierre em treino do Atlético-MG

O Atlético-MG abriu boa vantagem para conquistar o título do Campeonato Mineiro, podendo perder por dois gols de diferença para ficar com a taça. Mas nem por isso, o clima é de já ganhou. O volante Pierre afirma que é necessário manter os pés no chão para não ser surpreendido pelo rival Cruzeiro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Agora é trabalhar mais forte ainda. Temos mais 90 minutos e temos que ter os pés no chão. Fizemos uma vantagem boa, mas ainda tem mais um jogo para que sabe podermos comemorar o bicampeonato, disse Pierre, que recebeu o terceiro amarelo e fica fora do clássico decisivo. "Eu estarei de corpo e alma no vestiário, na arquibancada do Mineirão, sempre passando energia positiva. Quem entrar, vai dar conta do recado", comentou.

Além de Pierre, o Atlético-MG pode ficar sem o zagueiro Leonardo Silva, que se recupera de fratura na mão direita. O defensor revela ansiedade para voltar aos gramados, mas pede paciência para não precipitar o retorno e acabar agravando a lesão, sofrida na partida contra o São Paulo, pelas oitavas de final da Libertadores.

"Tem de ter calma, pois é uma fratura. Tem de esperar cicatrizar. Estou ansioso para voltar a treinar com os companheiros e, principalmente, voltar a participar dos jogos o mais rápido possível. Vou conversar com o departamento médico para ver se é possível estar presente nos treinamentos para depois pensar no jogo", declarou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.