Atacante fez sinal de silêncio à torcida da Roma, que proferiu cânticos racistas. Milan perde chance de garantir vaga na Liga dos Campeões

Balotelli pede para torcida da Roma se calar após sofrer ofensas racistas
Claudio Villa/Getty Images
Balotelli pede para torcida da Roma se calar após sofrer ofensas racistas

O Milan poderia ter se classificado com antecedência para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa, mas ficou apenas no empate por 0 a 0 contra a Roma, neste domingo, no estádio San Siro, e terá de aguardar mais um pouco para tentar garantir a vaga.

Comente esta notícia com outros torcedores

A partida foi marcada pelas ofensas racistas da torcida visitante ao atacante Balotelli, que fez sinal de silêncio em direção às arquibancadas. O árbitro Gianluca Rocchi chegou a paralisar o jogo até que os gritos acabassem.

Esta não foi a primeira vez em que jogadores do Milan foram alvos de racismo este ano. Em amistoso contra a Pro Patria, em janeiro, Boateng foi ofendido por torcedores adversários e decidiu abandonar o gramado, sendo seguido pelos colegas de equipe.

Com a bola rolando neste domingo, o Milan não conseguiu a vitória em casa. O clube anfitrião chegou a ter Muntari expulso aos 41 minutos do primeiro tempo, enquanto a Roma perdeu Totti por cartão vermelho nos acréscimos do confronto.

O empate manteve o time de Milão no terceiro lugar, com 69 pontos, dois a mais que a Fiorentina, restando apenas uma rodada para o término do Campeonato Italiano. Como os três primeiro colocados asseguram vaga no torneio continental, o Milan depende apenas das próprias forças para se classificar, enfrentando o Siena na partida de encerramento.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.