Milan empata com Roma em jogo abalado por racismo contra Balotelli

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante fez sinal de silêncio à torcida da Roma, que proferiu cânticos racistas. Milan perde chance de garantir vaga na Liga dos Campeões

Claudio Villa/Getty Images
Balotelli pede para torcida da Roma se calar após sofrer ofensas racistas

O Milan poderia ter se classificado com antecedência para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa, mas ficou apenas no empate por 0 a 0 contra a Roma, neste domingo, no estádio San Siro, e terá de aguardar mais um pouco para tentar garantir a vaga.

Comente esta notícia com outros torcedores

A partida foi marcada pelas ofensas racistas da torcida visitante ao atacante Balotelli, que fez sinal de silêncio em direção às arquibancadas. O árbitro Gianluca Rocchi chegou a paralisar o jogo até que os gritos acabassem.

Esta não foi a primeira vez em que jogadores do Milan foram alvos de racismo este ano. Em amistoso contra a Pro Patria, em janeiro, Boateng foi ofendido por torcedores adversários e decidiu abandonar o gramado, sendo seguido pelos colegas de equipe.

Com a bola rolando neste domingo, o Milan não conseguiu a vitória em casa. O clube anfitrião chegou a ter Muntari expulso aos 41 minutos do primeiro tempo, enquanto a Roma perdeu Totti por cartão vermelho nos acréscimos do confronto.

O empate manteve o time de Milão no terceiro lugar, com 69 pontos, dois a mais que a Fiorentina, restando apenas uma rodada para o término do Campeonato Italiano. Como os três primeiro colocados asseguram vaga no torneio continental, o Milan depende apenas das próprias forças para se classificar, enfrentando o Siena na partida de encerramento.

Alex Ferguson levanta a taça de campeão inglês, seu último título com o Manchester United. Foto: Phil Noble/ReutersJogadores do Manchester United festejam o título inglês com a torcida no adeus de Alex Ferguson em Old Trafford. Foto: Phil Noble/ReutersAlex Ferguson aplaude torcida do United em sua despedida de Old Trafford. Foto: Phil Noble/ReutersAlex Ferguson deu autógrafos antes de United x Swansea. Foto: Phil Noble/ReutersAlex Ferguson senta no banco do Old Trafford pela última vez. Foto: Alex Livesey/Getty ImagesTorcedor do Manchester United exibe cartaz em agradecimento a Alex Ferguson. Foto: Alex Livesey/Getty ImagesTorcedor foi ao Old Trafford com máscara de Alex Ferguson na despedida do técnico. Foto: Alex Livesey/Getty ImagesJavier Hernandez chuta para marcar na despedida de Alex Ferguson . Foto: Alex Livesey/Getty ImagesMichu, do Swansea, fez careta para a torcida do United após anotar seu gol. Foto: Phil Noble/ReutersDavid Moyes, que vai substituir Ferguson no United, também se despediu da torcida do Everton neste domingo. Foto: Darren Staples/ReutersEmmanuel Adebayor é cumprimentado pelos companheiros após marcar o segundo gol do Tottenham contra o Stock City. Foto: Getty ImagesCampeão espanhol antecipado, Barcelona é cumprimentado por jogadores do Atlético de Madrid antes do jogo. Foto: Chema Rey/APCampeão espanhol antecipado, o Barcelona encarou o Atletico de Madrid neste domingo. Foto: Paul White/APVagner Love se refresca durante o clássico de Moscou entre CSKA e Lokomotiv. Foto: Dmitry Korotayev/Getty ImagesJogadores do PSG comemoram o gol de Menez diante do Lyon, pelo Francês. Foto: Robert Pratta/ReutersMenez chuta e marca para o PSG contra o Lyon e garante o título francês por antecipação. Foto: Emmanuel Foudrot/ReutersO atacante uruguaio Cavani marca de cabeça o gol de empate do Napoli diante do Siena. Foto: AP/Salvatore LaportaAbbiati evita o gol do brasileiro Marquinho no clássico italiano entre Milan e Roma. Foto: Antonio Calanni/AP


Leia tudo sobre: MilanRomaBalotelliracismoItáliaCampeonato Italiano

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas