Barcelona comemora título espanhol com virada sobre o Atlético de Madrid

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Catalães garantiram a taça um dia antes, com o empate do Real Madrid. Messi saiu machucado

Paul White/AP
No Dia das Mães, Sanchez faz dedicatória de seu gol neste domingo

Para cumprir tabela, o Barcelona visitou o Atlético de Madrid neste domingo no estádio Vicente Calderón, pela 35ª rodada do Campeonato Espanhol. O time de Tito Vilanova ganhou dos visitantes, de virada, por 2 a 1, jogando a maior parte do segundo tempo com um jogador a menos: Messi sentiu lesão e saiu de campo quando o time já havia feito as três alterações.

Comente esta notícia com outros torcedores

O Barça conquistou o 22º título nacional de sua história antecipadamente após o empate no sábado entre Real Madrid e Espanyol. A situação dos Colchoneros na competição também já estava definida: na terceira colocação e já classificado para a Liga dos Campeões, a equipe mira o título da Copa Rei.

A partida foi equilibrada no primeiro tempo. O Barcelona, como de costume, teve maior posse de bola, mas levou pouco perigo ao gol de Courtois. Já o Atlético conseguiu armar boas jogadas pelo lado direito do ataque, com o lateral Juanfran, mas também não assustou nesta primeira etapa.

No segundo tempo, o Barça iniciou com maior posse de bola, mas quem abriu o marcador foi o Atlético de Madrid. Aos 5 minutos da etapa final, num contra-ataque veloz Koke recebeu passe de frente para ao gol, se desequilibrou, mas mesmo do chão acertou o passe para Falcão. Na cara do gol, o artilheiro deslocou o goleiro José Pinto para balançar a rede.

Alex Ferguson levanta a taça de campeão inglês, seu último título com o Manchester United. Foto: Phil Noble/ReutersJogadores do Manchester United festejam o título inglês com a torcida no adeus de Alex Ferguson em Old Trafford. Foto: Phil Noble/ReutersAlex Ferguson aplaude torcida do United em sua despedida de Old Trafford. Foto: Phil Noble/ReutersAlex Ferguson deu autógrafos antes de United x Swansea. Foto: Phil Noble/ReutersAlex Ferguson senta no banco do Old Trafford pela última vez. Foto: Alex Livesey/Getty ImagesTorcedor do Manchester United exibe cartaz em agradecimento a Alex Ferguson. Foto: Alex Livesey/Getty ImagesTorcedor foi ao Old Trafford com máscara de Alex Ferguson na despedida do técnico. Foto: Alex Livesey/Getty ImagesJavier Hernandez chuta para marcar na despedida de Alex Ferguson . Foto: Alex Livesey/Getty ImagesMichu, do Swansea, fez careta para a torcida do United após anotar seu gol. Foto: Phil Noble/ReutersDavid Moyes, que vai substituir Ferguson no United, também se despediu da torcida do Everton neste domingo. Foto: Darren Staples/ReutersEmmanuel Adebayor é cumprimentado pelos companheiros após marcar o segundo gol do Tottenham contra o Stock City. Foto: Getty ImagesCampeão espanhol antecipado, Barcelona é cumprimentado por jogadores do Atlético de Madrid antes do jogo. Foto: Chema Rey/APCampeão espanhol antecipado, o Barcelona encarou o Atletico de Madrid neste domingo. Foto: Paul White/APVagner Love se refresca durante o clássico de Moscou entre CSKA e Lokomotiv. Foto: Dmitry Korotayev/Getty ImagesJogadores do PSG comemoram o gol de Menez diante do Lyon, pelo Francês. Foto: Robert Pratta/ReutersMenez chuta e marca para o PSG contra o Lyon e garante o título francês por antecipação. Foto: Emmanuel Foudrot/ReutersO atacante uruguaio Cavani marca de cabeça o gol de empate do Napoli diante do Siena. Foto: AP/Salvatore LaportaAbbiati evita o gol do brasileiro Marquinho no clássico italiano entre Milan e Roma. Foto: Antonio Calanni/AP


A partir daí o jogo ficou mais movimentado. Aos 23 minutos Lionel Messi sentiu lesão e precisou sair de campo, Tito Vilanova já havia realizado as três substituições. Com isso o time catalão ficou com 10 em campo.

Sem o principal jogador da equipe, o Barcelona não recuou. Aos 25 minutos do segundo tempo veio o gol de empate: em uma Tabela de Fábregas com Alexis Sánchez. O atacante recebeu no meio da área e finalizou no canto esquerdo do gol.

A virada veio aos 34 minutos da etapa final com David Villa. Tello tentou encontrar Villa no meio da área colchonera. A jogada se completou com uma batida fraca e sem direção do atacante, mas a bola desviou em Gabi e foi para o fundo da rede de Courtois.

A vitória deixou o Barça com 91 pontos, dez a mais que o Real Madrid. O Atlético segue em terceiro, com 72. O time treinado por Vilanova tem mais três partidas pela frente até o término do Espanhol, com o objetivo de passar dos 100 na tabela: Valladolid (Camp Nou), Espanyol (Cornellá-El Prat) e Málaga (Camp Nou).

Já a equipe de Diego Simeone tem um compromisso importante na próxima sexta: a final da Copa do Rei contra o Real, no Santiago Bernabéu. Esta será a última chance de títulos para os clubes da capital na temporada.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas