Tamanho do texto

Técnico do Bahia preferiu não dar muitas explicações após ser goleado pelo Vitória no primeiro jogo da final do Campeonato Baiano

Joel Santana sofreu goleada do rival Vitória
Divulgação/Flickr Bahia
Joel Santana sofreu goleada do rival Vitória

Joel Santana foi sucinto em sua entrevista coletiva deste domingo, após a goleada sofrida por 7 a 3 para o Vitória. O técnico do Bahia  permaneceu  cerca de 30 segundos na sala de imprensa da Fonte Nova e não comentou a partida ou seu futuro no clube.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Por respeito a vocês da imprensa, que estão aqui, eu vim. Eu nem viria, não tenho nada para dizer, nada para declarar. Não tem o que falar numa hora dessas. Tenho que ficar calado, ir para casa e esperar para ver o que vai acontecer", disse.


Em seguida, surgiu a informação de que Joel voltaria para a sala de imprensa, a fim de conceder uma coletiva completa, o que acabou não acontecendo. Pouco depois, foi anunciado que o gestor de futebol do clube, Paulo Angioni, havia pedido demissão, aceita pelo presidente Marcelo Guimarães Filho.

A goleada sofrida neste domingo foi a terceira derrota seguida do Bahia para o arquirrival. Os dois tropeços anteriores (5 a 1 e 2 a 1) ocorreram na fase de grupos do Estadual, mas Joel comandou a equipe apenas no segundo jogo, já que Jorginho ainda era o técnico na primeira partida.

Para conquistar o Campeonato Baiano, o Tricolor precisa vencer o Leão por cinco gols de diferença, em pleno Barradão. A partida decisiva está marcada para o próximo domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.