Técnico, no entanto, garante que não quer esconder a escalação que levará a campo na final do Campeonato Mineiro, contra o Atlético-MG

Marcelo Oliveira prevê equilíbrio na final do Mineiro
Washington Alves/VIPCOMM
Marcelo Oliveira prevê equilíbrio na final do Mineiro

O técnico Marcelo Oliveira comandou um treinamento fechado para a imprensa nesta sexta-feira, na Toca da Raposa. Quando os jornalistas tiveram acesso ao campo do CT do Cruzeiro , apenas os goleiros estavam em atividade. O treinador celeste explicou que o treino secreto não é para fazer mistério na escalação, mas sim para ensaiar algumas jogadas.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Não foi mistério na escalação. Foi uma situação absolutamente normal para criar algo novo. A outra coisa foi que no jogo contra o Villa Nova abrimos o treinamento, criamos uma jogada surpresa e o Villa Nova marcou. Isso me indignou um pouco. Alguém que estava aqui contou", disse.

Sobre o time que vai entrar em campo, Marcelo Oliveira tem todo o elenco titular à disposição e já divulgou a escalação. "O time é o que vinha jogando. Volta Ceará, voltam Léo, Everton, Dagoberto, Nilton e Éverton Ribeiro. O treinamento foi mais para direcionar alguma situação, detalhes de bola parada. Isso é normal antes de um jogo importante como este", afirmou.

Leia mais : Fábio projeta decisão equilibrada no Mineiro, mas acredita no título

Dessa forma, o Cruzeiro vai jogar o clássico com a seguinte formação: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Léo e Everton; Leandro Guerreiro, Nilton, Éverton Ribeiro e Diego Souza; Dagoberto e Borges. Por ter feito melhor campanha, a Raposa terá a vantagem de jogar por dois empates, ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols, mas mesmo assim Marcelo Oliveira acredita que não existe um favorito para ficar com o título.

"O Atlético-MG vem com um trabalho de mais tempo, mas o Cruzeiro está se fortalecendo. Tem jogado bem, tem criado muitas situações de gols. Nos últimos jogos foi mais consciente defensivamente. O ingrediente de ser um clássico faz com que a gente pense que vai ser um jogo muito equilibrado, que pode ser decidido no comprometimento e na dedicação, mas, principalmente, no detalhe e na qualidade dos jogadores", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.