Kleina prega respeito ao Tijuana, mas já teme duelo com o Atlético-MG

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico do Palmeiras elogiou a intensidade do time mineiro e sua força jogando em casa, mas afirma que pensa apenas no duelo diante do Tijuana, na próxima terça

A maneira arrasadora como o Atlético-MG despachou o São Paulo nas oitavas de final da Copa Libertadores da América já causa preocupação no Palmeiras. Embora lembre que é preciso bater o Tijuana no Pacaembu para chegar às quartas de final e enfrentar o Galo, Gilson Kleina mostra que já está ligado nas virtudes do time comandado por Cuca.

Divulgação/Palmeiras
Gílson Kleina, técnico do Palmeiras

"Assisti aos dois jogos contra o São Paulo. O Galo foi muito bem com um homem a mais (após a expulsão de Lúcio), administrando e fazendo os gols. E lá em Belo Horizonte é uma equipe muito forte. Os números falam isso. Sempre faz gol, joga com intensidade forte. Temos que entender que, se correr tudo bem, vamos enfrentar uma das melhores equipes do País", alertou o técnico palmeirense.

Embora já se preocupe com a equipe liderada por Ronaldinho Gaúcho, Kleina sabe que tem uma tarefa difícil marcada para a próxima terça-feira no Pacaembu. Depois de empatar em 0 a 0 no México, o Verdão precisa vencer por qualquer resultado que se garante nas quartas de final da competição internacional.Para cumprir a missão, o treinador aposta no ‘espírito de Libertadores’ criado durante a fase de grupos para despachar o Tijuana. Outro ponto positivo para o confronto no Pacaembu é a volta ao gramado natural depois de sofrer com a grama sintética no estádio Caliente.

"Nosso primeiro foco é o Tijuana. Sabemos do nosso compromisso, da responsabilidade de jogar dentro de casa. Temos que manter o foco, porque vamos jogar diante de nosso torcedor e no nosso gramado. É um rival perigoso e precisamos preparar a equipe para vitória. Qualquer vitória é nossa e isso é uma vantagem", lembrou Kleina.


Leia tudo sobre: gilson kleinapalmeirasigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas