"Os atletas terão esse final de semana prolongado, e merecido, para que possamos recuperá-los dessas partidas decisivas consecutivas", disse o preparador do clube

O Fluminense enfrentou alguns sérios problemas com o desgaste de seus jogadores. Envolvidos em partidas pela Copa Libertadores e pelo Campeonato Carioca, o Tricolor sofreu com lesões de peças importantes, como a do zagueiro Gum, dos meias Thiago Neves e Deco e dos atacantes Wellington Nem e Fred. Justamente por isso, a comissão técnica trabalha no sentido de recuperar o fôlego dos atletas e fazer com que eles tenham gás suficiente para enfrentar o que está por vir no restante da temporada. Além da reta final da Libertadores, o Tricolor vai disputar o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

Abel Braga, técnico do Fluminense
O Dia
Abel Braga, técnico do Fluminense

Como vai ficar cerca de dez dias sem entrar em campo pela Copa Libertadores, o Flu deu três dias de folga ao elenco, que fez um trabalho regenerativo na última quinta-feira e só voltará a trabalhar na próxima segunda-feira. O adversário tricolor nas quartas de final da competição continental será conhecido na próxima semana, quando Olimpia-PAR e Tigre-ARG se enfrentam no Paraguai.

"Os atletas terão esse final de semana prolongado, e merecido, para que possamos recuperá-los dessas partidas decisivas consecutivas. Na próxima semana, o objetivo é de nos prepararmos bem, já com os atletas totalmente recuperados. Teremos cerca de dez dias antes da volta da Libertadores. Daremos uma atenção especial aos atletas que estão voltando do departamento médico. Tentaremos colocar o elenco com uma preparação o mais homogênea possível", revelou o preparador Cristiano Nunes.

Ao longo dos últimos dias o técnico Abel Braga vinha manifestando a preocupação com o desgaste do elenco. Na semana passada, o Tricolor fez o jogo de ida contra o Emelec na quinta-feira, no Equador, e depois, no domingo, já estava disputando a decisão da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, contra o Botafogo.

"A minha preocupação maior é com o estado físico dos jogadores. Com essa parada, por exemplo, o Wellington Nem, o Fred e o Thiago Neves vão conseguir recuperar a forma física. Estava com receio de perder jogadores por conta de lesão. O Bruno vinha reclamando de dores há algum tempo. Isso sem falar no Wellington Silva e no Marcos Júnior, que estão sendo liberados agora pelo departamento médico", comemorou Abel Braga.

Os próprios jogadores destacaram a importância do período de folgas. "Vínhamos numa maratona grande de jogos, com viagens longas. Teremos agora uma folga boa e poderemos passar o dia das mães em casa. Depois, teremos um tempo para trabalhar com mais calma", disse o lateral esquerdo Carlinhos.

Flu continuará adotando São Januário como casa na Libertadores

Fora de campo, a diretoria do Fluminense chegou a um acordo com o Vasco para a utilização de São Januário para a disputa das quartas de final da Copa Libertadores. O Tricolor já usou o estádio na vitória por 1 a 0 sobre o Caracas, na fase de grupos, e no triunfo por 2 a 0 diante do Emelec pelas oitavas de final. O estádio vascaíno vem sendo visto pelos tricolores como uma excelente opção para que o clube evite viagens para disputar jogos em que tem o mando de campo. O Maracanã segue fechado para obras visando à disputa da Copa das Confederaçõe e da Copa do Mundo, enquanto o Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, está interditado por medidas de segurança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.