Portuguesa não consegue acordo com Celso Roth e mantém Pimenta até junho

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Interino será o treinador da equipe nas primeiras rodadas do Brasileirão até parada da Copa das Confederações

Divulgação/Portuguesa
Edson Pimenta conduziu a Portuguesa no final da Série A-2 do Paulistão

Sem acerto com Celso Roth, a Portuguesa vai seguir com Edson Pimenta no comando técnico. O anúncio foi feito pelo presidente do clube, Manuel da Lupa, garantiu o interino até a Copa das Confederações.

Deixe seu comentário para esta notícia

"Fizemos uma reunião e decidimos que o Edson Pimenta segue, ao menos até as cinco primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Durante a Copa das Confederações analisaremos os resultados e decidiremos se vamos mudar ou não de técnico", declarou.

Quando questionado sobre a possibilidade de buscar nomes como Emerson Leão, Jorginho e Vagner Benazzi, que já treinaram a Lusa e foram especulados, o dirigente afirmou que deseja seguir outro caminho. "Quero sair da mesmice", respondeu.

Edson Pimenta assumiu o comando da Portuguesa logo após a demissão de Péricles Chamusca, que deixou o clube após a goleada por 7 a 0 sofrida para o Comercial pelo Campeonato Paulista Série A2, no dia 13 de abril.

Logo no primeiro jogo, o interino comandou o empate por 1 a 1 com o Naviraiense que acabou causando a eliminação na Copa do Brasil. Após esse jogo, porém, a Lusa venceu as quatro partidas que disputou.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas