Com mercado “complicado”, Silas exalta pratas da casa do Náutico

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

“Falei para os jogadores do Campeonato Brasileiro e de todo o nosso planejamento. Eles entenderam a minha proposta e fizeram um grande jogo”, disse

Sem grandes pretensões, o Náutico venceu o Ypiranga por 3 a 0 nessa quarta-feira e encerrou em terceiro lugar sua passagem pelo Campeonato Pernambucano. Para o técnico alvirrubro Silas, já pensando no Campeonato Brasileiro, a partida serviu para observar melhor alguns atletas.

O mercado “complicado” de jogadores – nas próprias palavras do treinador – fará com que ele aposte nas pratas da casa no torneio nacional. “Falei para os jogadores do Campeonato Brasileiro e de todo o nosso planejamento. Eles entenderam a minha proposta e fizeram um grande jogo”, disse, depois do jogo.

A partir daí, Silas elogiou algunsateltas que ele acredita que possam fazer a diferença ao longo da competição. “Estou feliz porque o Giovanni fez um bom jogo. Mas sei que podemos extrair muito mais dele e vamos trabalhar isso. O João Paulo deve ficar conosco. É um jogador taticamente muito disciplinado. Parece bastante com o Osvaldo, jogador do São Paulo. Falei até para ele assistir os vídeos do Osvaldo, é igualzinho. Já o Marcos (Vinícius) é outro com muita qualidade e pretendido por times grandes. O Rogério trabalha muito, a entrega tática dele vai despertar a atenção de muitos clubes”, afirmou.

Agora, o Náutico terá 17 dias para trabalhar, até a estreia no Campeonato Brasileiro. O primeiro jogo será realizado contra o Grêmio, fora de casa, no dia 26.

Leia tudo sobre: náuticosilas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas