Ponte Preta já se movimenta para reformular time do Brasileirão

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Diego Rosa e Wellington Bruno tiveram seus contratos rescindidos. Clube confirma proposta do Palmeiras por Tiago Alves e negocia com atacante do Cene-MS

Site oficial da Ponte Preta
Diego Rosa teve contrato com a Ponte Preta rescindido

Mesmo com o Troféu do Interior e a Copa do Brasil pela frente, a diretoria da Ponte Preta já pensa no time da Série A do Brasileirão. Nesta quinta, a cúpula anunciou as rescisões de contratos dos meias Wellington Bruno e Diego Rosa, agora livres para negociações com outros clubes.

Comente esta notícia com outros torcedores

"A diretoria agradece os jogadores pelos serviços prestados e deseja boa sorte a ambos nos desafios futuros", lia-se em comunicado oficial no site do clube, que também foi usado para esclarecer a situação do zagueiro Tiago Alves, contratado do Mogi Mirim recentemente.

Veiculado ao Palmeiras, os alvinegros fizeram questão de afirmar que ainda não receberam nenhum contato oficial do Verdão, que teria que pagar uma multa rescisória. No entanto, a proposta realmente existe. "O próprio jogador telefonou e avisou da oferta", escreveu o diretor de futebol Ocimar Bolicenho.

Já sobre chegadas, o atacante Careca, do Cene-MS, foi um dos nomes mais falados no Moisés Lucarelli nesta semana. Maior artilheiro nacional desta temporada até agora, com 19 gols marcados, o atleta de 23 anos foi oferecido ao clube campineiro.

"Ele foi oferecido, mas estamos analisando outros nomes. Não foi descartado, mas estamos avaliando", explicou o gerente de futebol Marcus Vinícius. De acordo com informações do Planeta Esporte, Careca, que teve passagem apagada pelo Corinthians, em 2008, também tem outras propostas.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas