Marcelo Oliveira vê dificuldades contra o Villa Nova e explica time misto

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Vantagem conquistada no jogo de ida da semifinal do Cruzeiro faz treinador do Cruzeiro optar por deixar alguns atletas de fora da segunda partida

O Cruzeiro vai poupar alguns jogadores na partida contra o Villa Nova, mas nem por isso terá um time fraco. A afirmação é do técnico Marcelo Oliveira, que espera um adversário complicado. Mas a larga vantagem conquistada no jogo de ida o fez optar por deixar alguns atletas de fora do jogo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Tentamos administrar cartões amarelos e alguns jogadores mais desgastados e vamos com um time forte, nosso elenco é qualificado e nos permite isso. Temos uma vantagem importante, mas não é definitiva. É um time capaz de fazer um grande jogo e, quem sabe, capaz de nos colocar na final do campeonato", declarou.

O treinador disse ainda que, além da vaga na final, o Villa Nova joga também para ser campeão do interior, feito que pode ser conquistado com vitória sobre a Raposa, empate ou derrota por um gol de diferença, o que deixa o Leão do Bonfim motivado para o jogo desta quarta-feira. "Sabemos que teremos dificuldades e vamos em busca da vitória, queremos vencer o jogo. Eles vão tentar fazer gols, estão em busca da classificação e de serem o melhor do interior", disse.

Sem fazer mistério, Marcelo Oliveira já confirmou o time do Cruzeiro com a seguinte formação: Rafael, Mayke, Bruno Rodrigo, Paulão e Egídio; Leandro Guerreiro, Lucas Silva, Tinga e Diego Souza; Ricardo Goulart e Borges. "É esse time que vai jogar. Temos uma vantagem importante, mas não é definitiva. A maioria dos jogadores vem atuando recentemente, e esse é um time capaz de fazer um grande jogo", concluiu.

*com Gazeta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas