Beckham exalta Alex Ferguson: 'Sem ele, nunca teria crescido como cresci'

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Ídolo inglês iniciou a carreira pelo Manchester United sob o comando do técnico, que anunciou aposentadoria ao fim desta temporada

Em meio às homenagens a Sir Alex Ferguson, técnico do Manchester United, que anunciou nesta quarta-feira sua aposentadoria ao fim da atual temporada, o inglês David Bekcham, atualmente no Paris Saint-Germain, disse que a importância do escocês em sua vida não ficou restrita às quatro linhas.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Como já disse muitas vezes, o chefe (Ferguson) não foi somente o melhor técnico com quem já trabalhei, mas também uma figura paterna para mim desde o momento em que cheguei ao clube (United), com 11 anos de idade, até o dia em que fui embora", publicou Beckham em seu perfil no Facebook.

Ferguson comemora conquista da Liga dos Campeões de 1999, diante do Bayern de Munique. Foto: Getty ImagesManchester United do técnico Alex Ferguson sofreu para fazer 1 a 0 no Sunderland. Foto:  Stu Forster/Getty ImagesTécnico do Manchester United foi homenageado com estátua. Foto: APDérbi também teve o duelo dos técnicos Alex Ferguson (esq), do United, e Roberto Mancini, do City. Foto: ReutersClima ficou quente e Ferguson (de costas) e Mancini discutiram. Foto: EFEReencontro com o ex-craque francês Cantona: dupla mudou o status do clube. Foto: Getty ImagesFerguson e Rooney. Foto: EFEAlex Ferguson não deu sorte no dia em que completou 70 anos. Foto: APTécnico Alex Ferguson foi homenageado pelos 70 anos de idade no Old Trafford. Foto: ReutersAlex Ferguson foi homenaeado por completar 25 anos como técnico do Manchester United. Foto: Getty ImagesTécnico do Manchester, Alex Ferguson, entrou com um time cauteloso no Emirates. Após o gol de Gerrard, colocou Rooney e Nani em campo, mas não conseguiu reverter o placar. Foto: Getty ImagesAntes da partida começar no estádio Old Trafford, Alex Ferguson, escolhido o melhor treinador da temporada, recebeu o troféu dentro do gramado. Foto: AFP

Beckham estreou pela equipe profissional dos Diabos Vermelhos em 1995. O jogador defendeu as cores do Manchester até 2003, quando acertou sua transferência para o Real Madrid, da Espanha.

"Sinto-me muito honrado por ter sido dirigido pelo melhor treinador de futebol e por ter tido a carreira que ele almejou para mim", disse Beckham.

Leia mais: Imprensa inglesa homenageia Ferguson e estima 15 mil chicletes mascados

O jogador ainda disse que Ferguson foi fundamental para seu crescimento profissional, sobretudo em relação à história de Beckham pela seleção inglesa.

"Sem ele, eu nunca teria crescido como cresci na minha carreira. Ele sabia quão importante é jogar pela sua seleção e o que isso significava para mim", completou.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas