Tamanho do texto

Antes de encarar o Corinthians na final do Paulistão, Santos pega Joinville fora de cara em partida da segunda fase da Copa do Brasil

Neymar foi a principal atração da reapresentação do Santos , na tarde desta segunda-feira, no CT Rei Pelé. O elenco ganhou folga no domingo, após garantir na disputa de pênaltis, contra o Mogi Mirim, no último sábado, a sua vaga em mais uma final de Campeonato Paulista - a quinta consecutiva. O atacante quebrou o protocolo e participou de uma atividade em campo reduzido, comandada pelo técnico Muricy Ramalho, fato que é pouco comum para os atletas que jogaram na partida anterior.

Vale lembrar que Neymar precisou ser submetido a tratamento por conta de dores musculares na coxa esquerda para atuar diante de Palmeiras e Mogi, nas quartas de final e semifinal do Paulistão, respectivamente.

Enquanto Neymar participava do treinamento com bola, os demais titulares contra o Sapão estavam na academia do clube praiano. Durval, Léo, Felipe Anderson, Renê Júnior, Arouca e Miralles trabalharam na parte interna do CT e, depois, deram voltas ao redor do gramado. O zagueiro Edu Dracena e o meia Cícero não apareceram no campo.

O meia Montillo, que deixou o duelo contra o Mogi Mirim apresentando dores musculares na coxa esquerda, será submetido a exames clínicos. O argentino é dúvida para o próximo compromisso dos alvinegros, pela segunda fase da Copa do Brasil. O Santos enfrenta o Joinville, na próxima quarta, às 22h (horário de Brasília), na Arena Joinville.