Valdivia não joga desde 14 de março e os exames mostram que sua lesão está cicatrizada há semanas, mas ele alegou ainda sentir dores

Valdivia segue fora do time do Palmeiras
Gazeta Press
Valdivia segue fora do time do Palmeiras

No Palmeiras , enquanto os jogadores à disposição para a Libertadores estavam no México enfrentando o Tijuana, Leandro, que não pode atuar na competição, passou a semana com Valdivia, que ainda está sem condições de entrar em campo por sentir dores na coxa direita. E o atacante relata a tristeza do companheiro pelo desfalque.

Valdivia faz falta ao Palmeiras? Comente

"O Valdivia está bastante chateado. Ninguém quer ficar no departamento médico, ainda mais no momento em que o Palmeiras está passando, em ascensão apesar da queda para o Santos", comentou o jogador emprestado pelo Grêmio.

Antes de a delegação voltar de Tijuana, a última vez em que o chileno esteve com a maioria de seus colegas foi na Vila Belmiro. O meia acompanhou de um dos camarotes o empate com o Santos no tempo normal e a derrota nos pênaltis que eliminou o time nas quartas de final do Campeonato Paulista.

Leia mais: Palmeiras escolhe entre Araraquara e Itu como casa no início da Série B

O camisa 10, como outros que desfalcaram o grupo, não foi ao México e manteve seu tratamento na Academia de Futebol enquanto a equipe mostrava aplicação tática que a animou depois do 0 a 0. Uma alegria que Valdivia queria compartilhar melhor. "Ele está bastante triste mesmo por estar fora desse momento do Palmeiras", disse Leandro.

Mas nenhuma sensação o garante no jogo de volta, no dia 14, no Pacaembu. Valdivia não joga desde 14 de março e os exames mostram que sua lesão está cicatrizada há semanas, mas ele alegou ainda sentir dores dias após o clube vetar sua participação no amistoso entre Brasil e Chile - e ele já disse publicamente que a seleção é a sua prioridade no ano.

Gilson Kleina já soube dos médicos que não é possível ter garantias de que o meia estará em campo contra o Tijuana, o que gera lamentação até em Leandro, impedido de jogar na Libertadores. "Ele tem qualidade, alto nível. É um jogador de seleção. O Palmeiras perde muito sem ele."

Entre os machucados, Leandro agora também terá que passar força a Léo Gago, volante que veio emprestado com ele do Grêmio e que machucou o tornozelo na última terça-feira. "Fico chateado. Além de ser um companheiro de equipe, é um amigo meu. Mas todo o time vai dar força para ele recuperar logo", apostou o atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.