Em busca de outro título estadual, Muricy relembra tricampeonato no Brasileiro

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O comandante santista fez questão de lembrar o seu retrospecto no clube, com as conquistas de dois Paulistas, uma Libertadores e uma Recopa Sul-americana

Flickr/Santos F.C.
Muricy comanda o Santos desde 2011

O Santos superou o Mogi Mirim nas cobranças de pênaltis, neste sábado, no Estádio Romildão, e se classificou para mais uma decisão do Campeonato Paulista. De quebra, o Santos pode alcançar o tetracampeonato estadual. Na Vila Belmiro desde abril de 2011, o técnico Muricy Ramalho pode alcançar o seu terceiro título consecutivo no Paulistão. Esta possibilidade fez o treinador lembrar-se de outra marca importante em sua carreira: o tricampeonato brasileiro (2006, 2007 e 2008), pelo São Paulo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Se eu for campeão paulista agora, acho que vai ser algo muito parecido com o tri do São Paulo, no Brasileirão. Como eu disse à época no São Paulo, acredito que nenhum outro treinador vai ter três títulos (paulistas) consecutivos, pelo mesmo time. Sabe por quê? Porque os caras não têm paciência", afirmou Muricy.

O comandante santista fez questão de lembrar o seu retrospecto no clube alvinegro, com as conquistas de dois Paulistas (2011 e 2012), uma Copa Libertadores da América (2011) e uma Recopa Sul-americana (2012). "Acho muito legal. Tenho essas marcas comigo. Estou aqui há dois anos e já foram quatro títulos", pontuou.

Leia mais: Neymar se emociona com quinta final seguida no Campeonato Paulista

Neymar celebra vaga na final. Foto: Miguel Schincariol/Gazeta PressJogadores do Santos fazem festa após vitória nos pênaltis. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressDracena e Arouca celebram classificação com a torcida. Foto: RICARDO SAIBUN/Gazeta PressNeymar mergulha no gramado. Foto: SÉRGIO BARZAGHI/GAZETA PRESSMontillo sentiu lesão no segundo tempo. Foto: RICARDO SAIBUN/Gazeta PressNeymar passa pela marcação do Mogi Mirim. Foto: SÉRGIO BARZAGHI/GAZETA PRESS

Indagado sobre uma projeção para a final, tendo em vista que São Paulo e Corinthians decidem neste domingo, no Morumbi, o adversário do Santos na decisão, Muricy Ramalho preferiu evitar palpites e elogiou os dois times.

"Quem vier será um grande adversário. São duas potências, os melhores times do país, em elenco e tudo. As duas equipes investiram milhões. Com os jogadores que eles têm, não dá para arriscar quem vai passar. Não tem como dar palpite", encerrou.

Leia tudo sobre: santosmuricyfinalcampeonato paulistagenetmogi mirim

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas