Apesar de goleada, Marcelo de Oliveira aprova atuação de Dedé

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Derrota em jogo treino diante do América-MG foi o primeiro coletivo do zagueiro com o elenco do Cruzeiro

Washington Alves/VIPCOMM
Dedé, zagueiro do Cruzeiro

Os reservas do Cruzeiro decepcionaram no jogo-treino desta sexta-feira. Com larga vantagem nas semifinais do Campeonato Mineiro, na qual vai encarar o Villa Nova apenas na próxima quarta, a equipe celeste encarou o América-MG, na Toca da Raposa II, para dar ritmo de jogo aos atletas que não vêm sendo aproveitados por Marcelo Oliveira. Dentro de campo, no entanto, o time da casa levou uma goleada de 4 a 0. Apesar do resultado, o treinador aprovou a atuação de um estreante.

O que achou de ida de Dedé para o Cruzeiro? Comente

A partida marcou o primeiro treino coletivo de Dedé com a camisa do Cruzeiro e, de acordo com o comandante celeste, o zagueiro teve uma boa atuação. "Gostei da participação do Dedé. Naturalmente que o primeiro contato tem como objetivo dar ritmo. Ele vai se ajustando com os colegas para se encaixar no time", avaliou Marcelo Oliveira, que não deixou de elogiar a participação do defensor no ataque.

Leia mais: Com larga vantagem, Cruzeiro deve usar time misto contra Villa Nova

O comandante destacou o bom jogo aéreo de Dedé, que quase marcou de cabeça. Marcelo de Oliveira também gostou da postura adotada pelo adversário. Apesar de ser um amistoso, o América-MG levou a partida como um bom teste para o restante da temporada, já que os resultados no ano ainda não agradaram.

Em relação ao resultado, o treinador do Cruzeiro lamentou a derrota, mas alegou que esta não era a prioridade do jogo-treino. Marcelo Oliveira quis usar o confronto para analisar o restante do elenco. "Eu gosto de conviver com vitórias. Esse foi o primeiro jogo-treino que nós perdemos, mas o mais importante foi testar os jogadores para situações futuras", explicou o comandante.

Por não estar inscrito no Campeonato Mineiro, Dedé deve estrear pelo Cruzeiro na partida contra o Resende, no dia 22, pela segunda fase da Copa do Brasil. Caso ainda não esteja apto, o zagueiro pode entrar em campo na estreia do Campeonato Brasileiro, diante do Goiás, no dia 26. As duas partidas serão realizadas no Estádio do Mineirão.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas