Aos 36 anos, zagueiro diz que a idade avançada é um motivo a mais para que atleta se dedique nos treinamentos para se manter em boa forma

Gilberto Silva, zagueiro do Atlético-MG
Facebook/CAM
Gilberto Silva, zagueiro do Atlético-MG

Na decisão contra o São Paulo, pelas oitavas de final da Libertadores , Gilberto Silva ganhou a vaga de titular na equipe. Neste domingo, com Réver suspenso, o zagueiro também deve estar entre os onze do Atlético-MG que iniciarão o duelo diante do Tombense, pelas semifinais do Campeonato Mineiro. A sequência de jogos não preocupa o experiente jogador, que afirma estar bem fisicamente para ajudar o time.

Atlético-MG vai para final do Campeonato Mineiro? Comente

"Às vezes, é uma preocupação excessiva se eu vou conseguir fazer meu trabalho. Talvez, as pessoas tenham acompanhado pouco a minha carreira, meu profissionalismo, minha dedicação. As pessoas se esquecem de analisar o que você faz em campo e se preocupam com a idade", destacou o jogador de 36 anos.

Gilberto Silva explica que a idade avançada é um motivo a mais para que atleta se dedique nos treinamentos, mantendo a condição física ideal para as partidas. Desta forma, o zagueiro diz que está à disposição do treinador. "Até em relação a minha idade, eu procuro me preparar mais ainda para, no momento que for solicitado, estar à disposição do Cuca".

Neste domingo, o Atlético-MG encara o Tombense, pelas semifinais do Mineiro, às 16 horas (de Brasília). Depois de vencer a primeira partida por 2 a 0, Gilberto Silva pede atenção para a equipe chegar à decisão. "Temos que saber diferenciar uma competição da outra. Agora é voltar a cabeça para o Campeonato Mineiro. O importante é a gente confirmar nossa classificação para a final", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.