Depois de encarar o Atlético-MG no meio da semana, time não descansa e pega o Corinthians na semifinal do Paulistão neste domingo

Paulo Henrique Ganso, meia do São Paulo
Miguel Schincariol/Gazeta Press
Paulo Henrique Ganso, meia do São Paulo

O desgaste causado pelo jogo contra o Atlético-MG parece não diminuir o ímpeto do meia Paulo Henrique Ganso para o clássico contra o Corinthians , neste domingo. Apesar de ter atuado durante os 90 minutos contra o Galo, o armador nem cogitou pedir um descanso ao técnico Ney Franco e considera o São Paulo preparado para a sequência de jogos decisivos.

São Paulo está pronto para encarar o Corinthians? Deixe seu recado

"Não tem essa de querer ficar fora e nem de ter medo de ser criticado, porque nós nos preparamos. Os jogadores estão se recuperando fisicamente para domingo e só depois vamos pensar na quarta-feira", comentou.

Leia mais: Ganso se apega a bom início para crer em reviravolta contra Atlético-MG

A comissão técnica trabalha para recuperar fisicamente o São Paulo, principalmente pela equipe ter atuado com um jogador a menos durante a maior parte do jogo contra o Galo. Mesmo com o cansaço, Ney Franco já avisou que colocará força máxima neste domingo , mantendo a formação principal na quarta-feira, diante do Atlético, no estádio Independência.


Depois de tanto lutar para ser titular do São Paulo, Ganso adverte que o rival Corinthians também sofre com o desgaste, já que atuou na quarta-feira contra o Boca Juniors, na Argentina.

E ainda: São Paulo não vence Corinthians em mata-mata desde Paulistão 2000

"Se for uma roubada, é para os dois times. Vai ser um baita jogo, um belo espetáculo, e espero conseguir a classificação", avaliou. O reencontro nesta semifinal do Paulistão ainda traz resquícios do primeiro confronto, vencido pelo Timão diante da maioria são-paulina nas arquibancadas do Morumbi.

Na partida do dia 31 de março, o meia Jadson abriu o placar para o Tricolor, mas Danilo igualou com um golaço. Já perto do fim do Majestoso, o árbitro assinalou pênalti de Rogério Ceni sobre Alexandre Pato, que converteu a cobrança depois de muita reclamação dos são-paulinos.

"O Corinthians é uma equipe bem qualificada e está entrando no terceiro ano com esta formação, tem entrosamento. Conhecemos bem a equipe deles, porque jogamos na primeira fase e sabemos os pontos fortes que teremos de marcar", concluiu Ganso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.