O goleiro do Atlético-MG pede pés no chão, e lembra que até agora foram jogados apenas 90 minutos de uma decisão e que não pode existir acomodação

Victor é titular absoluto do Atlético-MG
Divulgação/Atlético-MG
Victor é titular absoluto do Atlético-MG

A vitória contra o São Paulo, pela Libertadores, ainda repercute no Atlético-MG. O goleiro Victor trabalhou bastante na partida, e afirma que o Atlético-MG iniciou o jogo sendo pressionado pelo Tricolor, mas que os alvinegros conseguiram acertar o posicionamento e souberam tirar proveito da expulsão do zagueiro Lúcio, ainda no primeiro tempo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O São Paulo entrou bem, começaram a nos pressionar e acabamos demorando um pouco para entender a partida. O campo também é um pouco diferente do que estamos habituados, mais rápido, e a bola fica mais viva. A partir do momento que colocamos a bola no chão e conseguimos a expulsão do Lúcio, nos possibilitou chegar mais vezes ao ataque e a vitória foi merecida pelo espírito que o time teve", afirmou.

Apesar de conquistar uma boa vantagem, o Atlético-MG pode até perder por 1 a 0, no Independência, Victor deixa claro que a classificação atleticana ainda não é certa. O jogador pede pés no chão, e lembra que até agora foram jogados apenas 90 minutos de uma decisão e que não pode existir acomodação sob pena do Galo ser surpreendido pelo São Paulo.

Leia mais: Jogadores do Atlético-MG negam diversão e pregam respeito ao São Paulo

"Conseguimos uma boa vantagem, mas a classificação ainda não está garantida. Temos que manter os pés no chão, pois ainda vamos jogar mais 90 minutos. Foi apenas o primeiro tempo desta decisão de 180 minutos e temos que ter tranquilidade e manter o espírito, porque o São Paulo tem uma equipe de qualidade, com jogadores vencedores e jovens de velocidade. Não podemos nos acomodar em cima desse resultado", encerrou.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.