Equipe do Morumbi já teve que superar o Atlético-MG para avançar às oitavas na competição continental e, agora, precisa vencer fora de casa para seguir vivo

São Paulo observa festa de Ronaldinho Gaúcho após marcar na partida no Morumbi
Miguel Schincariol/Gazeta Press
São Paulo observa festa de Ronaldinho Gaúcho após marcar na partida no Morumbi

Derrotado por 2 a 1 pelo Atlético-MG como mandante, na noite de quinta-feira, o São Paulo terá que fazer no mínimo dois gols na semana que vem, em Belo Horizonte, para não ser eliminado nas oitavas de final. O desafio é grande, mas Ney Franco se apega à reviravolta recente - de provável eliminado a uma classificação heroica, na última rodada da fase de grupos - para manter esperança.

São Paulo pode reverter situação na Libertadores? Deixe seu comentário

"Vai ser mais um jogo de superação. A gente já passou por isso dentro da competição. Já estivemos muito próximos de sair. Agora vai acontecer a mesma coisa. O Atlético conseguiu uma boa vantagem, e a gente vai entrar sabendo que só a vitória não basta", disse o treinador, no Morumbi.


Leia mais: Ney Franco admite ausências de Rhodolfo e Aloísio em jogos decisivos

Se vencer na próxima quarta-feira, seu time quebrará uma longa série invicta do adversário no Independência. São 31 jogos sem perder desde que o estádio foi reinaugurado, em maio do ano passado. Nesta edição da competição sul-americana, foram três vitórias em três jogos, uma delas sobre o próprio São Paulo.

E ainda:  Aloísio sai de campo chorando de raiva e revela preocupação de Ronaldinho

O retrospecto, já conhecido por Ney Franco, não o desanima. O comandante lembra que sua equipe foi bem nos dois últimos enfrentamentos. Além da vitória por 2 a 0 na fase de grupos, vencia por 1 a 0 na quinta-feira até o zagueiro Lúcio ser expulso , no fim da primeira etapa.

"No primeiro jogo que fizemos contra eles no Morumbi, fomos superiores o tempo todo. Neste, a gente foi superior no primeiro tempo, e o Atlético, depois, soube jogar com um jogador a mais. Acho que está em aberto. Acho que a gente pode jogar lá no mesmo nível do primeiro tempo", aposta.

Veja também: Rogério Ceni considera expulsão de Lúcio “fatal” para o São Paulo

Entre um jogo e outro, a preocupação será outra. No domingo, o São Paulo volta ao Morumbi para enfrentar o Corinthians, pela semifinal do Campeonato Paulista. Segundo Ney Franco, com o que tiver de melhor à disposição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.