Tigre sufoca, abre vantagem, mas Olimpia desconta e segue vivo

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogando dentro de casa, time argentino sai de campo lamentando vitória magra por 2 a 1 em duelo de ida pelas oitavas de final da Libertadores

Eduardo Di Baia/AP
Matias Perez comemora gol do Tigre

Classificado em primeiro lugar no grupo 2 da Libertadores com uma goleada improvável sobre o Libertad, o Tigre chegou às oitavas de final e se deparou com mais um time paraguaio. Empurrado pela fanática torcida no Monumental de Victoria, o vice-campeão da Copa Sul-Americana começou melhor, mas saiu de campo lamentando a vitória magra por 2 a 1.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na base da pressão, os argentinos criaram as melhores chances desde os primeiros lances da partida, mas abriram o placar somente aos 26 minutos do primeiro tempo. A bola rondou a área do Olimpia e nenhum defensor alvinegro conseguiu afastar. O volante Gabriel Peñalba aproveitou sobra na ponta esquerda, girou sobre a marcação e bateu cruzado. Martín Silva se esticou, mas não conseguiu evitar o gol.

Sem se acomodar com a vantagem, o Tigre seguiu se atirando ao ataque no segundo tempo e foi premiado aos 18 minutos. O habilidoso Rubén Botta humilhou dois marcadores pela ponta e cruzou na área. Mais uma vez os paraguaios não conseguiram afastar e, com oportunismo e estilo, o armador Pérez García apareceu para marcar de cabeça.

O segundo gol dos anfitriões acordou o Olimpia na partida, que passou a trabalhar a bola no campo de ataque com mais efetividade. A zaga argentina começou a abusar das faltas e foi castigada aos 35 minutos quando o zagueiro Hermino Miranda mostrou categoria e mandou uma cobrança perfeita da meia direita para descontar.

Com o resultado, o Tigre jogará por um empate na partida do dia 16 de maio, às 22h15 (de Brasília). A repetição do 2 a 1 no Defensores del Chaco levará a decisão para os pênaltis, enquanto o Olimpia joga por uma vitória simples para garantir classificação. Quem avançar terá pela frente o vencedor do confronto entre Fluminense e Emelec.

*com Gazeta

Leia tudo sobre: tigreolimpiacopa libertadores 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas