Mesmo já classificada para a Série A1 em 2014, Portuguesa ainda tem dois jogos pela frente na segunda divisão

Com o acesso assegurado para a Série A1 do Campeonato Paulista, a Portuguesa começa a decidir o título da A2 às 10h (de Brasília) deste domingo, contra o Rio Claro, no Estádio Augusto Schmidt. O experiente volante Corrêa diz que a Lusa tem de entrar em campo com a consciência de que terá dois jogos pela frente, sem afobação.

"Não adianta querer sair de qualquer forma para resolver logo, de uma vez, ainda mais sendo o Rio Claro uma equipe forte, dentro ou fora de casa. Temos que manter a mesma pegada dos últimos jogos para fazer um grande jogo no domingo, se possível com uma vitória. São 180 minutos pela frente e esperamos fazer bem os primeiros noventa".

Com melhor campanha na competição, a Portuguesa tem duas vantagens na final: decide em casa e será campeã em caso de empate na soma dos dois resultados. O jogo de volta está marcado para o domingo seguinte, dia 12 de maio, novamente às 10h, no Canindé.

Reforço no meio-campo

O meia Moisés, que se machucou no começo do jogo de ida contra o Naviraiense, pela Copa do Brasil, está recuperado e se coloca à disposição do técnico Edson Pimenta.

"Espero voltar e ajudar o grupo, que está vivendo um grande momento. Mesmo porque ficar de fora é complicado demais, é muito sofrimento, ainda mais quando você não está assistindo ao jogo, só naquela emoção do rádio", disse Moisés.

Já projetando a disputa do Campeonato Brasileiro, Moisés acredita que a Portuguesa precisa almejar objetivos maiores neste ano.

"O ano passado nosso objetivo era permanecer. Agora temos que querer algo mais, como uma Sul-Americana, e vamos trabalhar para isso. A diretoria tem tentado nos dar condições, com reforços, e esperamos fazer um grande campeonato brasileiro também", declarou o meia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.