Mandante no confronto, time de Dunga não deve mandar a final em Caxias do Sul. Juventude, adversário na decisão, é da cidade, e não precisaria viajar

Mesmo que o Estádio Centenário esteja aos poucos caindo no gosto dos jogadores, é pequena a chance de o Internacional mandar a final da Taça Farroupilha em Caxias do Sul. O motivo é simples: o Juventude, adversário na decisão, é da cidade, e não precisaria viajar para disputar a partida do próximo domingo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em sua coletiva após a vitória sobre o Veranópolis, o presidente do Internacional, Giovanni Luigi, não garantiu a realização do confronto na casa do Caxias. A tendência maior é que o Estádio Alviazul, do Lajeadense, seja a sede da final.

Há três semanas, o Inter goleou o mesmo Juventude, em Lajeado, por 4 a 1. O Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, é outra possibilidade, mas os atletas preferem jogar no campo do Lajeadense.

A definição sobre o local do jogo pode ocorrer ainda nesta segunda-feira. O grupo de jogadores e a comissão técnica ainda nem pensam no confronto diante do Juventude, afinal, o Inter tem um compromisso complicado na próxima quarta, contra o Santa Cruz, em Recife, pela ida da segunda fase da Copa do Brasil. D’Alessandro e Leandro Damião, suspensos, serão desfalques no Arruda.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.