Árbitro não relata briga entre torcedores da Ponte Preta e policiais

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Sem nenhum detalhe da confusão entre torcedores e policiais, a súmula registrou apenas que um isqueiro foi atirado no gramado durante derrota para o Corinthians

Enquanto a Ponte Preta sofria uma goleada de 4 a 0 para o Corinthians nas quartas de final do Campeonato Paulista, a torcida alvinegra entrou em conflito com a Polícia Militar nas arquibancadas do estádio Moisés Lucarelli. O árbitro Raphael Claus, no entanto, não registrou os incidentes na súmula da partida em Campinas.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Sem nenhum detalhe da confusão entre torcedores e policiais, a súmula registrou apenas que um isqueiro foi atirado no gramado, fato observado pelo assistente adicional número 2, Leandro Bizzio Marinho. O objeto foi lançado por um ponte-pretano não identificado no momento em que o Timão abriu o placar com Romarinho.

As primeiras informações que surgiram durante a partida diziam que corintianos teriam provocados torcedores da Ponte em um setor que seria exclusivo para os donos da casa. Irritada, a torcida da Macaca teria partido para cima dos rivais e dos soldados da PM que tentaram apaziguar a situação, que deixou 14 feridos e quatro detidos.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: ponte pretacampeonato paulista 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas