Neymar destaca atuação com dores no clássico contra o Palmeiras

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Apesar do incômodo no pé direito, que sentiu após o amistoso da seleção brasileira na quarta-feira, atacante fez questão de entrar em campo pelo Santos

Guilherme Dionízio/Gazeta Press
Neymar comemora classificação nos pênaltis

A presença de Neymar no clássico contra o Palmeiras só foi confirmada neste domingo, dia do jogo. Com dores no pé direito desde o empate do Brasil com o Chile, o atacante fez questão de entrar em campo e ajudar o Santos a avançar às semifinais do Campeonato Paulista. A vaga foi alcançada na decisão por pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Foi com dores, mas não no sacrifício. Doía, mas não chegava a ser tanto, até porque joguei a partida inteira", comentou Neymar, que exibia o pé enfaixado depois do clássico.

A disposição de Neymar para enfrentar o Palmeiras foi muito festejada por seus companheiros e pelo técnico Muricy Ramalho. Os amigos do atacante lembraram que ele havia sido muito criticado por sua atuação diante do Chile e, mesmo assim, fez o máximo para atuar neste domingo, na Vila Belmiro.

"Joguei um pouquinho de futebol e conheço. O Neymar dificilmente poderia jogar com a dor que sentia, mas ficou o tempo todo no CT, fez um teste de manhã e falou que estava dentro. Um cara desses não pode ser criticado assim. Paciência. Se fosse outro atleta, não jogaria hoje. Mas ele foi para o pau e jogou muito", exaltou Muricy.

Destaque do Santos, ao defender pênaltis cobrados pelos atacantes Kleber e Leandro, o goleiro Rafael foi mais um a elogiar Neymar. "Ele é fera. Além de ser um baita profissional, é muito gente boa. Chegou ao CT mais triste por causa da dor, e não pelas críticas à seleção. E, mesmo com dor, o Neymar nos ajudou muito", disse.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: NeymarSantosCampeonato Paulista 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas