Ronaldinho Gaúcho culpa pouco tempo de treino por má atuação

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia lamentou o fato de a seleção brasileira ter feito apenas um treinamento antes do amistoso contra o Chile

O meia Ronaldinho Gaúcho assumiu a braçadeira de capitão e também a incumbência de liderar a Seleção Brasileira em campo. No entanto, o astro do Atlético-MG não conseguiu brilhar sob o comando de Luiz Felipe Scolari e culpou a falta de treinos pela má atuação da equipe no empate por 2 a 2 contra o Chile, na noite desta quarta-feira.

Brasil empata com Chile no Mineirão, é vaiado e ouve “olé” da própria torcida

"É difícil, porque a equipe treinou uma vez só junta. No outro jogo (contra a Bolívia), não tivemos treino. Estamos tentando nos superar, pois todo mundo tinha consciência de que seria difícil", afirmou o jogador, à TV Globo.

Leia também: Neymar minimiza vaias no Mineirão: “Nem ligo mais para isso”

A partida desta quarta, no Mineirão, foi o último teste antes da convocação para a Copa das Confederações. Apesar de não ter atuado bem, Ronaldinho Gaúcho mantém sua esperança de ser chamado pelo treinador na lista que será divulgada no dia 14 de maio.

Titulares da seleção brasileira posam para foto antes do jogo. Foto: VipcommJogadores do Chile comemoram gol no Mineirão. Foto: Eugenio Savio/APLeandro Damião tenta vencer a marcação de Rojas em ataque da seleção brasileira. Foto: Andre Penner/APNeymar disputa a bola com o chileno Braulio Leal. Foto: Andre Penner/APRéver comemora após marcar gol de empate do Brasil. Foto: Andre Penner/APRonaldinho protege a bola da marcação chilena. Foto: VipcommFelipão observa desempenho da seleção brasileira em campo . Foto: VipcommPaulinho faz o passe durante ataque da seleção brasileira. Foto: VipcommNeymar recebe o abraço de Pato, de quem recebeu o passe, e dos demais companheiros após balançar as redes. Foto: VipcommNeymar comemora segundo gol do Brasil no Mineirão. Foto: Vipcomm

"Fica a critério do treinador. A Seleção vem treinando pouco e, na Copa das Confederações, terá mais tempo e conseguirá entrosamento", ponderou o atleta.

Felipão deixou claro que Ronaldinho Gaúcho disputa posição com Kaká para a Copa das Confederações. Até antes do jogo contra o Chile, o jogador do Atlético-MG estava em vantagem em relação ao meia do Real Madrid. Agora, o treinador tomará a decisão sobre quem será o líder do elenco no torneio.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas