Por tristeza e alegria, Cristian chora e vê Fenerbahce derrotar o Benfica

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-corintiano perde pênalti no primeiro tempo, mas vê equipe sair de campo vitoriosa na partida de ida pelas semifinais da Liga Europa

A partida era histórica para o Fenerbahce e Cristian sabia disso. Por isso, não foi fácil para o ex-corintiano ser um protagonizar lance negativo da equipe contra o Benfica: o jogador chorou após perder pênalti no final do primeiro tempo. Quando o zagueiro Korkmaz garantiu a vitória turca por 1 a 0 sobre os portugueses aproveitando uma cobrança de escanteio do volante, porém, as lágrimas do brasileiro foram de alegria.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Válido pelo confronto de ida da semifinal da Liga Europa, o jogo é um marco para o clube de Istambul. A equipe nunca havia chegado até este ponto na competição, que ganha ainda mais importância pelo fato do arquirrival da equipe, o Galatasaray, já ter se sagrado campeão.

AP Photo
Cristian disputa a bola com André Gomes, do Benfica

Cristian teve uma grande oportunidade para aproximar o Fener do título inédito no final do primeiro tempo, mas cobrou pênalti na trave direita do goleiro brasileiro Artur. No entanto, o gol de Korkmaz, marcado aos 26 minutos da etapa final, foi o suficiente para garantir que a equipe vá até Lisboa em vantagem.

Antes do tento decisivo, a partida já se mostrava emocionante e contou com, além do pênalti de Cristian, três finalizações acertando a trave. Enquanto o centroavante senegalês Moussa Sow e o atacante holandês Dirk Kuyt se aproximaram do gol pelo Fenerbahce, o meia argentino Gaitán acertou a trave pelos portugueses.

O feito do Fener, que não vencia há dois jogos e vinha de derrota no Campeonato Turco, é evidenciado pelo retrospecto recente das Águias. O time de Lisboa, líder do Campeonato Português, viu uma invencibilidade de 38 jogos se encerrar com o resultado no estádio Surku Saracoglu.

O jogo

Mesmo atuando como visitante, o Benfica tomou a iniciativa do jogo e, aos quatro minutos, contou com boa jogada entre o centroavante paraguaio Oscar Cardozo e o meia argentino Eduardo Salvio que terminou com o segundo cara a cara com Volkan, mas o goleiro foi bem no lance para evitar maiores riscos.

Aos 13 minutos, Cardozo ajeitou para o meia argentino Pablo Aimar bater colocado e mandar a bola por cima do gol. O Fenerbahce só teve a primeira boa chance quatro minutos depois, quando o atacante camaronês Webo cruzou da direita para perigosa cabeçada de Moussa Sow.

Logo no minuto seguinte, o senegalês apareceu novamente, desta vez para desviar um cruzamento de Dirk Kuyt, acertando o travessão. Com o time mandante melhor no jogo, Sow ainda venceu mais um duelo aéreo aos 30 minutos, mas o atacante errou o alvo.

A melhor chance da equipe turca no primeiro tempo, porém, veio pouco antes do intervalo. Aos 45 minutos, o ala holandês Ola John cometeu pênalti sobre o lateral direito Gokhan Gonul. Na cobrança, Cristian acertou a trave e deixou o campo para o intervalo chorando.

O clube de Istambul voltou do intervalo no mesmo ritmo e não demorou a levar perigo na etapa final, com Kuyt recebendo na área e girando para acertar a trave esquerda de Artur logo aos cinco minutos. O Benfica, porém, não estava morto na partida e também acertou a trave três minutos depois em chute de média distância de Gaitán.

Aos 26 minutos, Kurkmaz apareceu na segunda trave para cabecear com a bola viva na área após cobrança de escanteio de Cristian. Maxi Pereira ainda tentou evitar o gol, mas a bola já tinha passado da linha. Depois do gol, o time turco recuou e os Encarnados passaram a buscar o resultado, mas encontraram dificuldades para criar boas oportunidades.

FICHA TÉCNICA - FENERBAHCE 1 X 0 BENFICA
Local:
Estádio Surku Saracoglu, em Istambul (Turquia)
Data: 25 de abril de 2013, quinta-feira
Horário: 16h05 (de Brasília)
Árbitro: Milorad Mazic (Sérvia)
Assistentes: Milovan Ristic e Igor Radojcic (ambos da Sérvia)
Cartões amarelos: Cristian, Mehmet Topal e Webo (Fenerbahce); André Gomes, Aimar, Maxi Pereira e Ola John (Benfica)

Gol:
FENERBAHCE:
Korkmaz, aos 26 minutos do segundo tempo

FENERBAHCE: Volkan; Gonul, Yobo, Korkmaz e Ziegler; Mehmet Topal, Cristian (Selcuk Sahin) e Raul Meireles (Salih Ucan); Kuyt, Moussa Sow (Krasic) e Webo
Técnico: Aykut Kocaman

BENFICA: Artur; Maxi Pereira, Jardel, Garay e Melgarejo; Matic, André Gomes (Carlos Martins), Eduardo Salvio, Aimar (Gaitán) e Ola John (Rodrigo); Cardozo
Técnico: Jorge Jesus

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: Futebol MundialTurquiaPortugalFenerbahceBenficaLiga dos Campeões

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas