Jogadores que defenderam a seleção brasileira no empate contra o Chile são poupados de atividade preparatória para a semifinal do Mineiro

O técnico Cuca começou a esboçar nesta quinta-feira, o time do Atlético-MG , que enfrenta o Tombense, sábado, em Tombos, no primeiro jogo da semifinal do Mineiro. O treinador não contou com as presenças de Ronaldinho Gaúcho e do zagueiro Réver, que defenderam a seleção brasileira no amistoso contra o Chile, e foram poupados.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O avante Jô também não participou do treinamento, o atleta foi poupado com Alecsandro entre os titulares. Já o atacante Diego Tardelli e o meia-atacante Bernard, recuperados de lesões, treinaram normalmente, e tem retorno garantido no jogo de Tombos.

O time que treinou nesta quinta-feira, teve a seguinte formação: Victor; Marcos Rocha, Gilberto Silva, Leonardo Silva e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Diego Tardelli e Bernard; Luan e Alecsandro. Para encarar o Tombense, Cuca deve promover a entrada de Ronaldinho na vaga de Luan e Réver ocupando o lugar de Leonardo Silva. Se tiver condições de jogo Jô ocupa o espaço de Alecsandro.

Inicialmente o duelo contra o Tombense, seria no Independência, mas uma decisão do TJD-MG mudou a partida para Tombos, interferência externa que desagradou o goleiro Victor, que reclama de ter que atuar em um estádio pequeno, que não oferece as condições adequadas para um bom futebol.

"É lamentável esse tipo de coisa que, infelizmente, ainda acontece no futebol. Os clubes chegaram a acordo e, de repente, vem uma interferência externa e muda tudo. Pegou todo mundo de surpresa, não é bom para ninguém. Vamos jogar em um estádio pequeno, gramado em condições um pouco ruins. Pode colocar a integridade do atleta em risco. Mas a gente vai se preparar para isso para fazer um bom jogo", afirmou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.