Três dias após receber alta, Laor é novamente internado em São Paulo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O presidente do Santos apresentou cansaço excessivo, durante sessão de fisioterapia respiratória, o que levou os médicos a decidirem por uma nova internação

Alan Morici / Agência O Dia
Luis Álvaro Ribeiro é presidente do Santos

Após receber alta na última sexta-feira, o presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, voltou a ser internado, nesta segunda, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O dirigente apresentou cansaço excessivo, durante sessão de fisioterapia respiratória, o que levou os médicos a decidirem por uma nova internação de Laor.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Vale lembrar que os problemas começaram no dia 28 de fevereiro, quando o mandatário santista foi para o hospital, visando fazer uma biópsia no pulmão. Um dia depois, após se sentir mal nestes exames, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro foi internado.

Por esta razão, o presidente alvinegro passou por um procedimento de cateterismo cardíaco, que identifica e corrige problemas em veias e artérias obstruídas. Aos poucos, Laor viu o seu quadro clínico evoluir, deixando a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pela unidade de terapia semi-intensiva.

Leia mais: Léo pede respeito ao Palmeiras e vê Vila Belmiro como “trunfo”

Durante a sua administração, em fevereiro de 2010, no seu primeiro mandato, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro também teve uma crise de pancreatite. Além disso, o dirigente foi internado no final do ano passado – após sentir um forte cansaço durante a sua avaliação clínica anual e ficou cinco dias no hospital – e só retornou ao cargo em fevereiro deste ano.

Em 2003, pouco antes de concorrer à presidência do Santos, Laor sofreu um infarto e quatro paradas cardíacas. Enquanto Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro segue afastado do posto, o vice Odílio Rodrigues seguirá no comando dos destinos da agremiação praiana.

Leia tudo sobre: SantosLaor

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas