Meia justificou demora em apresentação na concentração da seleção brasileira por conta do trânsito congestionado em Belo Horizonte

Ronaldinho Gaúcho domina a bola durante o treino da seleção brasileira, no Mineirão
Vipcomm/Wagner Carmo
Ronaldinho Gaúcho domina a bola durante o treino da seleção brasileira, no Mineirão

O meia Ronaldinho Gaúcho tentou se esquivar de polêmica nesta terça-feira, na véspera do amistoso da seleção brasileira contra o Chile, em Belo Horizonte. Apesar de ter se apresentado com atraso, o jogador do Atlético-MG negou ter descumprido o horário determinado pela CBF.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Tem bastante trânsito e moro fora da cidade, mas deu para chegar na hora combinada", afirmou, antes do treino desta terça, no Mineirão. Na verdade, o site oficial da CBF informa que o grupo deveria ter se apresentado às 19 horas de segunda-feira, sendo que o jantar estava programado para meia hora depois.

Leia também: Neymar descarta sentir peso por aproximação da Copa do Mundo

Ronaldinho chegou ao hotel apenas às 19h25, mas alega que o limite era o horário da refeição. O coordenador técnico da seleção, Carlos Alberto Parreira, confirmou o discurso do meia-atacante e negou que o atleta tenha cometido algum erro, ignorando o cronograma divulgado pela própria CBF.Ao tentar fugir da polêmica, Ronaldinho Gaúcho demonstrou sua intenção de atuar bem contra o Chile para convencer Felipão a mantê-lo no grupo para a Copa das Confederações.

Veja também: Parreira nega atraso de Ronaldinho em apresentação da seleção

"Vai ser um jogo importante e mais uma oportunidade que tenho de levar muito a sério. Tenho de ir com tudo, para virar uma dúvida para o treinador", completou, querendo dizer, na verdade, que espera ser a solução para Felipão.

Veja fotos do treino da seleção brasileira no Mineirão


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.