No jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões, time de Munique venceu em casa por 4 a 0 e está a um passo de chegar à decisão

Os jogadores do Barcelona protestaram bastante contra a arbitragem nesta terça-feira, durante a derrota na Alemanha para o Bayern de Munique por 4 a 0, alegando irregularidades em dois dos gols que sofreu no duelo de ida da semifinal da Liga dos Campeões. Após o jogo, o zagueiro Piqué deixou as reclamações de lado e admitiu a superioridade dos alemães no confronto.

O Barcelona tem chances de reverter a desvantagem e chegar à final? Comente

"Eles foram melhores e mais rápidos do que a gente. Não faz sentido algum falar sobre a arbitragem, não existe desculpa", disse o zagueiro do Barcelona. "Eles nos deram uma surra. Nós vamos tentar reverter a situação na partida de volta com uma boa atuação para nossos torcedores", completou.

No lance do segundo gol do Bayern, os atletas do Barcelona alegaram que o atacante Mario Gomez estava em posição de impedimento quando empurrou a bola para o fundo do gol. No terceiro gol alemão, protestaram contra a não marcação de uma falta de ataque de Thomas Müller em Jordi Alba.

O resultado desta terça-feira representa a pior do Barcelona na Liga dos Campeões em 15 anos. O time não perdia por uma diferença tão ampla desde a temporada 1997/98, quando caiu diante do Dínamo de Kiev por 4 a 0 na fase de grupos.

O jogo de volta entre as duas equipes acontecerá na próxima quarta-feira. O duelo será no Camp Nou, casa do clube espanhol, que precisará ganhar por cinco gols de diferença para avançar à próxima fase.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.