Piqué evita críticas à arbitragem após goleada e admite "surra" do Bayern

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

No jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões, time de Munique venceu em casa por 4 a 0 e está a um passo de chegar à decisão

Os jogadores do Barcelona protestaram bastante contra a arbitragem nesta terça-feira, durante a derrota na Alemanha para o Bayern de Munique por 4 a 0, alegando irregularidades em dois dos gols que sofreu no duelo de ida da semifinal da Liga dos Campeões. Após o jogo, o zagueiro Piqué deixou as reclamações de lado e admitiu a superioridade dos alemães no confronto.

O Barcelona tem chances de reverter a desvantagem e chegar à final? Comente

"Eles foram melhores e mais rápidos do que a gente. Não faz sentido algum falar sobre a arbitragem, não existe desculpa", disse o zagueiro do Barcelona. "Eles nos deram uma surra. Nós vamos tentar reverter a situação na partida de volta com uma boa atuação para nossos torcedores", completou.

Lionel Messi esteve apagado na derrota do Barcelona para o Bayern de Munique nesta terça-feira. Foto: Kerstin Joensson/APThomas Mueller fez o quarto gol e fechou a goleada do Bayern de Munique sobre o Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/APRobben faz o terceiro gol do Bayern sobre o Barcelona. Foto: AP Photo/Matthias Schrader Robben comemora após fazer o terceiro gol do Bayern de Munique sobre o Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/APRobben vibra ao marcar o terceiro gol do Bayern de Munique em cima do Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/APRobben faz o terceiro gol do Bayern sobre o Barcelona. Foto: AP Photo/Matthias Schrader Lionel Messi observa comemoração dos atletas do Bayern de Munique após o gole de Mario Gomez, o segundo em cima do Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/APMario Gomez é abraçado por Ribery após ampliar para o Bayern de Munique em cima do Barcelona. Foto: Matthias Schrader/APMessi e Iniesta lamentam segundo gol do Baryern de Munique sobre o Barcelona na partida de ida da semifinal da Liga dos Campeões. Foto: Kerstin Joensson/APMario Gomez chuta para fazer o segundo gol do Bayern de Munique sobre o Barcelona. Foto: MICHAELA REHLE/REUTERSMario Gomez tromba com Lionel Messi na vitória do Bayern sobre o Barcelona. Foto: MICHAELA REHLE/REUTERSSchweinsteiger tenta desarmar Lionel Messi no duelo entre Bayern de Munique e Barcelona. Foto: Matthias Schrader/APJogadores do Bayern de Munique comemoram com Thomas Mueller o gol que abriu o placar contra o Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/APJogadores do Bayern de Munique comemoram com Thomas Mueller o gol que abriu o placar contra o Barcelona. Foto: Matthias Schrader/APThomas Mueller vibra ao marcar o primeiro gol do Bayern de Munique sobre o Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/APThomas Mueller cabeceia para abrir o placar para o Bayern de Munique sobre o Barcelona. Foto: MICHAELA REHLE/REUTERSThomas Mueller comemora após abrir o placar para o Bayern de Munique em cima do Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/APTorcida do Bayern de Munique faz bonito mosaico antes de começar duelo contra o Barcelona pela Liga dos Campeões. Foto: MICHAELA REHLE/REUTERSUli Hoeness, presidente do Bayern de Munique, segura cartaz e participa de moisaico da torcida. Foto: Matthias Schrader/APFranck Ribery tenta desarmar Pedro no duelo entre Bayern de Munique e Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/APThomas Mueller, do Bayern, disputa bola com Iniesta, do Barcelona, no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões. Foto: Kerstin Joensson/APRobben tenta o chute contra o gol de Valdez no jogo entre Bayern de Munique e Barcelona. Foto: Kerstin Joensson/AP

No lance do segundo gol do Bayern, os atletas do Barcelona alegaram que o atacante Mario Gomez estava em posição de impedimento quando empurrou a bola para o fundo do gol. No terceiro gol alemão, protestaram contra a não marcação de uma falta de ataque de Thomas Müller em Jordi Alba.

O resultado desta terça-feira representa a pior do Barcelona na Liga dos Campeões em 15 anos. O time não perdia por uma diferença tão ampla desde a temporada 1997/98, quando caiu diante do Dínamo de Kiev por 4 a 0 na fase de grupos.

O jogo de volta entre as duas equipes acontecerá na próxima quarta-feira. O duelo será no Camp Nou, casa do clube espanhol, que precisará ganhar por cinco gols de diferença para avançar à próxima fase.

Leia tudo sobre: Futebol MundialEspanhaBarcelonaLiga dos Campeões

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas