São Caetano minimiza discussão entre atletas e descarta punição

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo a diretoria do clube do ABC, os dois jogadores tiveram um entrevero no treino de sábado e a situação já foi resolvida

Divulgação/São Caetano
Samuel Santos acusou Fábio Costa de racismo

No último sábado, durante o treino do São Caetano, o experiente goleiro Fábio Costa, ex-Santos, e o lateral Samuel Santos se exaltaram e acabaram discutindo. Uma foto e um comentário da esposa de Samuel sugeriram que a briga teria tido motivação racista, mas o São Caetano fez questão de minimizar o ocorrido e descarta punir os atletas.

Leia mais: Fábio Costa é acusado de ter chamado companheiro de time de “macaco”

O defensor negou que exista qualquer mágoa em relação ao goleiro: "Não usei a situação para me promover ou denegrir a imagem do Fábio. O que ocorreu já faz parte do passado e não ficou nenhum tipo de mágoa", declarou.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Além da declaração do atleta, a diretoria do São Caetano afirmou que o caso já foi esclarecido. Esta semana, os dirigentes do clube trabalham para definir um novo treinador.

Leia tudo sobre: são caetanoigspfabio costasamuel santos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas