Fábio Costa é acusado de ter chamado companheiro de time de “macaco”

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

O veterano goleiro teria feito ofensas racistas ao lateral Samuel Santos. Em nota, Fábio Costa disse que estava de "cabeça quente" e afirmou que o entrevero foi resolvido

Divulgação/São Caetano
Samuel Santos acusou Fábio Costa de racismo

Sem treinador, rebaixado no Campeonato Paulista e derrotado em casa em sua última partida pela elite, o São Caetano tem ainda mais problemas com que se preocupar. Desta vez, envolvendo uma de suas grandes contratações para o ano, o goleiro Fábio Costa. Ele foi acusado pela esposa de Samuel Santos de chamar o companheiro de "macaco".

Leia mais: Presidente do São Caetano desabafa contra torcida após queda: "Baderneiros"

"Isso aí amor, nenhum babaca tem o direito de chamar você de macaco", comentou na foto do lateral postada no Instagram, com a seguinte legenda: "Nada e ninguém vai conseguir tirar esse sorriso estampado no meu rosto. Orgulho de ser negro!".

O ex-goleiro santista se defendeu das acusações em nota oficial: "Estávamos de cabeça quente. A fase anda complicada e todo mundo acaba ficando um pouco mais alterado. O importante é que nós já resolvemos o caso e o bate-boca não teve nada a ver com a questão racial".

A diretoria do Azulão, que trabalha nesta semana para anunciar um novo treinador, afirmou que o caso foi encerrado e declarou que não vai punir nenhum dos atletas.

Leia tudo sobre: sanuel santossão caetanoigspfábio costaracismo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas