Zagueiro festeja bom clima no São Paulo e diz: "Agora vamos ver quem é quem"

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Com a pior campanha entre os classificados, São Paulo enfrenta o Atlético-MG nas oitavas

Gazeta Press
Edson Silva avalia que São Paulo tem boas chances de classificação contra o Atlético-MG

O clima no São Paulo é muito melhor depois da classificação na Libertadores. No treino com bola desta sexta-feira, ao driblar o goleiro Léo e balançar a rede, o reserva Rhodolfo foi aplaudido por titulares que assistiam à atividade e retribuiu a gozação fazendo um coraçãozinho com as mãos. Um exemplo de brincadeira que não teria espaço nos últimos dias, quando o time corria risco de eliminação precoce no torneio continental.

São Paulo se une para dar novo título a Rogério Ceni, revela Ganso

"É bom estar assim. Foi uma classificação que todo o mundo dava como quase impossível. Tudo deu certo, a gente ganhou, o resultado do Arsenal ajudou. É bom vir ao trabalho com o dever cumprido", disse Edson Silva, que provavelmente será companheiro de Rhodolfo no domingo, diante do Mogi Mirim, pela última rodada do Campeonato Paulista.

Rogério se ajoelha e comemora gol do São Paulo . Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressRogério bate no canto esquerdo de Victor e marca para o São Paulo. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressGanso mata bola no peito no jogo entre São Paulo e Atlético-MG. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressRonaldinho Gaúcho tenta escapar da marcação de Lúcio. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressAloísio é derrubado na primeira etapa. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressDouglas sofre carrinho de Richarlyson no Morumbi. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressRonaldinho Gaúcho mata bola no peito no início de jogo. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta Press

De fora na quarta-feira, no duelo frente ao Atlético-MG, o beque admitiu ter ficado espantado com a dedicação de seus colegas para vencer por 2 a 0, no Morumbi. "Eu e os meninos, no banco, comentamos que, jogando sempre desse jeito, com a torcida apoiando, dificilmente a gente perde. Principalmente no Morumbi. Tem que ser sempre assim, igual ou melhor".

A confiança interna passou a ser tanta que, em sua opinião, a má campanha na primeira fase ficará no passado, e a competição começa para valer no mata-mata. "Agora vamos ver quem é quem. Estamos com favoritismo alto para conquistar essa Libertadores", comentou o camisa 14, não sem colocar outros brasileiros na briga pelo título, como Fluminense e o próprio Atlético, adversário das oitavas de final.

As datas das duas partidas ainda não foram confirmadas oficialmente pela Conmebol. A única certeza é de que, pela melhor campanha na fase de grupos, o time mineiro será mandante da segunda. Antes disso, o São Paulo vai a campo às 16 horas (de Brasília) deste domingo, em casa, para cumprir tabela, já que garantiu a primeira colocação antecipada há três jogos.

Leia tudo sobre: são paulorhodolfolibertadores 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas