Fernando Prass não vê derrotas como parâmetro e ressalta força no Pacaembu

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Palmeiras conquistou todos os pontos disputados em São Paulo e por isso festeja a vantagem de decidir em casa nas oitavas da Libertadores

O Palmeiras perdeu todos os seus jogos como visitante na Libertadores, mas nenhum deles deve ser parâmetro na opinião de Fernando Prass, nem mesmo a derrota para o já eliminado Sporting Cristal. O jogador mais experiente do elenco prefere ver a campanha na fase de grupos pelo lado positivo: 100% de aproveitamento no Pacaembu.

Leia mais: Com três derrotas, Kleina admite: "Precisamos aprender a jogar fora

"Mostra como é vantajoso jogar em casa na Libertadores, que o fator local conta muito. Justamente por isso é vantagem fazer o segundo jogo em casa para qualquer equipe, e ainda mais para nós", lembrou o goleiro, sem usar o mesmo critério em sua avaliação para falar dos tropeços fora do Brasil.

Veja também: Palmeiras promete melhorar, mas acredita que "perdeu na hora certa"

Charles comemora seu gol com o técnico Gilson Kleina. Foto: Paulo Whitaker/ReutersJuninho em lance da partida contra o Tigre. Foto: Paulo Whitaker/ReutersCharles comemora o segundo gol do Palmeiras contra o Tigre. Foto: Andre Penner/APPalmeiras jogou com raça e não passou apuros contra o Tigre. Foto: Andre Penner/APTigre não ofereceu perigos ao Palmeiras, que teve 12 desfalques na partida. Foto: Andre Penner/AP

"Não dá para levar isso em consideração. É outra história a partir de agora", disse o camisa 25, minimizando também a derrota no Peru, que interrompeu uma sequência que era de cinco vitórias. "Cada jogo é uma história. Não dá para pegar um jogo como parâmetro e esquecer os outros 20", opinou.

Otimista, Fernando Prass vê benefícios mesmo se o time não derrotar o Tijuana em nenhum dos dois jogos das oitavas de final. "É melhor jogar em casa sabendo o resultado que precisa fazer. Tem também a situação dos pênaltis, é melhor estar em casa nessa situação. Qualquer vantagem é boa."

Pensando assim, o goleiro aponta o Verdão ainda na ascensão estabelecida após perder por 6 a 2 para o Mirassol, há três semanas. "Passamos por dificuldades principalmente naquele jogo fatídico, mas já vínhamos em uma crescente boa. Agora é remontar de novo. Não é um jogo que vai nos atrapalhar", definiu, sem esconder o alívio pela liderança na chave na Libertadores. "É sempre ruim perder. Ainda bem que conseguimos ficar em primeiro."

Leia tudo sobre: fernando prasslibertadorespalmeiras

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas