Maurício Assumpção se afastou do cargo e será substituído pelo vice Paulo Mendes no comando da equipe carioca

Presidente pediu licença do cargo no Botafogo
Divulgação
Presidente pediu licença do cargo no Botafogo

O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, tirou nesta quarta-feira uma licença por tempo indeterminado do cargo. O motivo do afastamento foram os graves problemas de saúde pelos quais o pai do dirigente vem passando. O responsável por exercer a função de Assumpção nesse período será o vice geral Paulo Mendes.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Nas últimas semanas, apesar do bom momento vivido dentro de campo, o Botafogo tem encontrado uma série de empecilhos financeiros fora dele, o que vem resultando no atraso do pagamento de atletas e funcionários.

Além disso, o clube viu no último dia 26 o Engenhão ser fechado, também por tempo indeterminado, pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. A decisão foi tomada depois de serem verificados problemas com a cobertura do estádio, que poderiam causar um acidente.

Maurício Assumpção é presidente do Botafogo desde 2009, e atualmente cumpre seu segundo mandato. Sob sua administração, o clube conquistou o Campeonato Carioca de 2010 e contratou dois dos maiores ídolos recentes alvinegros: Loco Abreu e Clarence Seedorf. No entanto, de acordo com estudo da consultoria BDO, a dívida do clube saltou de cerca de R$ 378 milhões para mais de R$ 563 milhões nesse período.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.