Em noite de Hernane, Flamengo bate Remo e garante classificação

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante marca três vezes na vitória do time carioca, que vai encarar o Campinense na próxima fase da Copa do Brasil

Com três gols de Hernane, o Flamengo confirmou a classificação para a segunda fase ao vencer por 3 a 0 o Remo, nesta quarta-feira, em Volta Redonda. Os rubro-negros não tiveram dificuldade em se impor sobre os paraenses e conquistaram o resultado com naturalidade. O novo triunfo melhora ainda mais o ambiente no clube após a equipe ter passado pelo Fluminense no fim de semana.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Wagner Meier/Gazeta Press
Hernane comemora gol do Flamengo contra o Remo

Na próxima fase, o Flamengo terá pela frente o Campinense, campeão da Copa do Nordeste, que eliminou o Sampaio Corrêa também nesta quarta-feira.

O jogo 
O Flamengo começou o jogo pressionando o Remo em seu campo. Mesmo com a vantegm do resultado da ida, os rubro-negros tinham total domínio da posse de bola e buscavam o gol. No entanto, a primeira boa chance aconteceu aos 11 minutos, quando Renato Abreu chutou cruzado, mas para fora. Depois disso, os donos da casa só chegaram com perigo aos 24, com Hernane, em finalização pela linha de fundo. Neste período, os paraense só ameaçaram Felipe em cobrança de falta de Zé Antônio defendida pelo goleiro.

Os carioca quase abriram o placar aos 29 minutos, quando Rafinha recbeu passe de Elias e chutou cruzado. A bola chegou a passar pelo goleiro Fabiano, mas a zaga salvou os visitantes. Quanto minutos depois, foi a vez de Amaral aproveitar rebote de falta cobrada por Renato Abreu e finalizar muito próximo a trave esquerda. De tanto insistir, o Flamengo chegou ao gol aos 35. Rafinha penetrou na área em velocidade e tocou para o lado. Hernane estava livre e só teve o trabalho de tocar para a rede.

Antes do intervalo, Hernane teve outra boa chance de fazer o segundo para os rubro-negros, mas dominou mal a bola e tentou de calcanhar, só que colocou para fora. O Remo seguiu sem ameaçar o Flamengo e foi para o vestiário atrás no placar.

No segundo tempo, o Flamengo não deixou o Remo buscar uma reação e ampliou o marcador logo com quatro minutos. Hernane tabelou com Gabriel e chutou no canto, sem chance para Fabiano.

Com a classificaçao praticamente sacramentada, os rubro-negros diminuíram um pouco o ritmo e permitiram que o Remo avançasse mais. No entanto, os flamenguistas passaram a aproveitar os contra-ataques. Os donos da casa levaram perigo aos 17 minutos, quando Gabriel foi lançado e passou para Rafinha. O atacante rolou para Renato Santos na entrada da área e viu o zagueiro quase acertar o ângulo.

Não demorou muito e o Flamengo aumentou a vantagem aos 25 minutos. Luiz Antônio roubou a bola de um adversário e chutou de fora da área. O goleiro Fabiano deu rebote no pé de Hernane, que finalizou para a rede.

O novo revés fez o Remo desistir de buscar uma reação. Com isso, os rubro-negros passaram a chegar com facilidade na área paraense. Tanto que aos 33 minutos, Rafinha fez boa jogada individual e cruzou para Gabriel finalizar, mas Fabiano fez grande defesa impedindo o quarto.

Nos minutos finais, o Flamengo recuou novamente e apenas administrou o resultado até o apito final. Com um homem a menos após a expulsão de Nata, o Remo apenas esperou o fim do confronto.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-RJ 3 X 0 REMO-PA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 17 de abril de 2013, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Paulo Silva Faria (MT) e Fábio Rubinho (MT)
Cartão amarelo: Carlinho Rech (Remo)
Cartão vermelho: Nata (Remo)
Gols: FLAMENGO: Hernane, aos 35min do primeiro tempo, 4 e 25min do segundo tempo

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura, Renato Santos, Marcos González e Ramon (João Paulo); Amaral (Luiz Antônio), Elias e Renato Abreu (Rodolfo) e Gabriel; Rafinha e Hernane
Técnico: Jorginho

REMO: Fabiano; Zé Antônio, Carlinho Rech (Clébson) e Henrique; Walber (Endy), Nata, Jhonnatan, Thiago Galhardo e Alex Ruan; Leandro Cearense (Fábio Paulista) e Val Barreto
Técnico: Flávio Araújo

Leia tudo sobre: flamengocopa do brasil 2013remo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas