Sheik torce por queda de brasileiros na Libertadores, mas não perde tempo na TV

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante do Corinthians espera que rivais do Brasil não avancem para a próxima fase

O atacante Emerson, do Corinthians, está surpreso com alguns resultados da Copa Libertadores, como a classificação antecipada do Palmeiras e o drama do São Paulo. Na esperança de enfrentar o adversário mais fácil possível nas oitavas de final, ele torce contra os três brasileiros que podem ser eliminados ainda na fase de grupos: São Paulo, Fluminense e Grêmio.

Sheik no treino de 16 de julho, quando renovou com o Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansEmerson Sheik renovou contrato. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansEmerson pede que Tite não aceite proposta da Inter de Milão. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEmerson Sheik com Marília Gabriela. Foto: DivulgaçãoEmerson e Pato em momento descontraído de treino do Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEmerson Sheik e sua macaca de estimação, Cuta. Foto: DivulgaçãoEmerson comemora gol do Corinthians na decisão da Libertadores 2012. Foto: Gazeta PressEmerson comemora com Chicão seu gol na final da Libertadores. Foto: Gazeta PressEmerson: da favela para o título da Libertadores. Foto: EFEEmerson vai passar por avaliação médica depois do clássico contra o Palmeiras. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansGuerrero comemora gol com Emerson. Primeiro tempo acabou 1 a 0 para o Corinthians. Foto: APO atacante Emerson chuta para fazer o gol do Corinthians diante do São Paulo, no Pacaembu. Foto: Gazeta PressEmerson, grande nome da final, beija a taça de campeão da Libertadores . Foto: EFEEmerson, o nome do jogo, comemora o segundo gol do Corinthians na grande final. Foto: AFPEmerson bate na saída do goleiro e marca o segundo do Corinthians na final. Foto: AFPEmerson faz careta . Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEmerson se distrai com o celular antes do jogo contra o Tijuana no Pacaembu. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEmerson chegou atrasado ao treino pela segunda vez em uma semana e será multado. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEmerson Sheik segura a risada enquanto é fotografado nos exames médicos do Corinthians neste início de ano. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEmerson Sheik foi mais um corintiano em cima do trio elétrico na manhã desta terça-feira. Foto: Futura PressEmerson Sheik, atacante do Corinthians. Foto: Gazeta PressO atacante Emerson Sheik corre para festejar o seu gol no clássico Corinthians x São Paulo. Foto: Gazeta Press

Mesmo assim, o atacante não pretende assistir ao São Paulo x Atlético-MG desta quarta-feira, que pode definir a classificação ou o adeus do time do Morumbi. "Então... É, eu não... Não perderia meu precioso tempo. É verdade. Não é sacanagem, gente, sério", respondeu.

Leia também: Tite interessa a Inter de Milão e Emerson pede para que ele fique no Corinthians

Segundo o Sheik, a visita de sua mãe é o motivo. Ou não. "Ela deve vir para cá, vou poder desfrutar da companhia dela, não vejo minha mãe há muito tempo. Mas a verdade é que, se minha mãe não viesse, eu também não veria jogo nenhum", sorriu o atleta, que poderá brincar com sua macaca de estimação: "É mais interessante".

O herói da última Libertadores apontou as dificuldades do Fluminense, atual campeão brasileiro, como ainda mais surpreendentes do que os problemas do São Paulo. Se a formação das Laranjeiras, ex-clube de Emerson, for eliminado, o caminho ficará mais tranquilo na busca pelo bi."Não sou hipócrita, lógico que prefiro pegar o mais fraco. Não sou um cara que gosta de secar ninguém, mas quanto menos brasileiros avançarem melhor. São adversários difíceis, competitivos. Se sair, tchau", disse o atacante, antes de adotar uma linha de raciocínio mais próxima da usada pelo técnico Tite.

"No ano passado, a gente acabou ganhando a Libertadores sem escolher adversários. A experiência de 2012 tem que ser trazida para este ano porque terminamos a competição vencendo, sendo campeões. Eu sou o tipo do cara que não quer nem saber quem vem. A gente tem que respeitar e passar por cima."

Leia tudo sobre: EmersonCorinthiansigsplibertadores 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas