Rio Branco-AC contesta a escalação de Muriel e vai à justiça contra o Inter

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Goleiro foi expulso na última rodada do Brasileirão 2012 e, segundo o time do Acre, não poderia jogar na estreia da Copa do Brasil

Alexandre Lops/AI Internacional
Muriel é o goleiro titular do Internacional

O Rio Branco-AC, clube eliminado pelo Internacional na primeira fase da Copa do Brasil, ao ser derrotado em casa por 2 a 0, vai entrar na justiça contra os gaúchos, por entenderem que o Colorado escalou de forma irregular o goleiro Muriel, que foi expulso na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2012.

Leandro Damião comemora sucesso da parceria com Forlán no Inter em 2013

“O atleta foi expulso no último jogo da Série A do Campeonato Brasileiro, quando enfrentou o Grêmio no dia 2 de dezembro de 2012, e deveria cumprir a suspensão automática, conforme consta no artigo 58 do Regulamento Geral de Competições. Com este embasamento, o clube entrará com uma ação no STJD nesta semana a fim de obter os pontos da partida”, postou o clube em sua página oficial no Facebook.

O Internacional, por sua vez, esclareceu que o atleta foi apenas advertido em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) realizado no último dia 10 de dezembro e que, além disso, foi liberado, dias antes, pela CBF, para entrar em campo, a pedido do departamento jurídico do clube, que também pediu a liberação de Leandro Damião, sem sucesso.

Classificado, o Inter encara o Santa Cruz, que passou pelo Guarani-CE, na próxima fase da Copa do Brasil. O Rio Branco busca o tetracampeonato acreano para chegar a mais uma Copa do Brasil.

Leia tudo sobre: MurielInternacional

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas