MP planeja multar a WTorre, e obras na Arena Palestra seguem paradas

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Ministério Público diz que recebeu "vários autos de infração lavrados por fiscais do trabalho por irregularidades relativas à saúde e à segurança" na obra

A reforma no Palestra Itália continua paralisada desde segunda-feira, quando um desabamento causou a morte do operário Carlos de Jesues e ainda feriu Crispiniano dos Santos, outro funcionário. E o prejuízo pode ser maior para a WTorre: o Ministério Público de São Paulo planeja multar a construtora responsável pelas obras na arena do Palmeiras.

Você acha que as obras da Arena Palestra deveriam parar? Opine

Foto aérea do Allianz Parque, novo estádio do Palmeiras, em julho de 2013. Foto: DivulgaçãoFoto aérea da obra do Allianz Parque, novo estádio do Palmeiras, em julho de 2013. Foto: DivulgaçãoCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGCom 66% de conclusão, nova arena do Palmeiras já ganha "cara de estádio" e tem camarote decorado. Foto: Pedro Taveira/iGBombeiros foram acionados para socorrer funcionários na Arena Palestra após desabamento de parte da arquibancada. Foto: Futura PressArena Palestra. Foto: DivulgaçãoA primeira treliça da cobertura da Arena Palestra foi instalada no dia 31 de outubro. Foto: João Pontes/iGCada treliça pesa cerca de 160 toneladas. Foto: João Pontes/iGA primeira treliça da cobertura da Arena Palestra foi instalada no dia 31 de outubro. Foto: DivulgaçãoCada treliça pesa cerca de 160 toneladas. Foto: DivulgaçãoA cobertura do estádio do Palmeiras deve ficar pronta em maio de 2013. Foto: DivulgaçãoO antigo Palestra Itália foi fechado ainda em 2010 para o começo das obras. Foto: Divulgação / PalmeirasO primeiro passo foi demolir uma parte do estádio antigo. Foto: Divulgação / PalmeirasNem o lugar onde ficava a "turma do amendoim" ficou de pé. Foto: Guilherme Tosetto, iG São PauloPor exigência da prefeitura, contudo, o anel da arquibancada não pôde ser posto abaixo. Foto: Divulgação / PalmeirasUmas das fundações para as novas arquibancadas é colocada . Foto: Divulgação / PalmeirasNo início, o Palmeiras até tentou candidatar o futuro estádio a ser umas das sedes da Copa do Mundo, mas a ideia acabou descartada. Foto: Divulgação / PalmeirasAlém do estádio em si, a Wtorre se comprometeu a construir um prrédio administrativo (f) e um multiuso. Foto: Guilherme Tosetto, iG São PauloEx-goleiro Marcos admira a maquete do novo estádio do Palmeiras. Foto: Gazeta PressAinda em 2011, o primeiro pilar das novas arquibancadas foi erguido. Foto: Divulgação / PalmeirasO campo do estádio palmeirense virou um enorme canteiro de obras. Foto: Divulgação / PalmeirasEm fevereiro, vários pilares já estavam erguidos. Foto: Divulgação / PalmeirasVista de bloco de escadas da Arena Palestra. Foto: Divulgação / PalmeirasOs operários trabalham na obra de segunda a sábado, em horário comercial. Foto: Divulgação / PalmeirasEsqueleto da arquibancada recebe os primeiros degraus. Foto: Divulgação / PalmeirasParte, prevista da obra, um prédio multiuso do Palmeiras já foi entregue. Foto: Divulgação / PalmeirasPara lembrar do antigo Palestra Itália, a diretoria anunciou a venda de réplicas em escala do estádio. Foto: PalmeirasVista externa do anel antigo da arquibancada, que não pode ser demolido. Foto: Divulgação / Palmeiras

A procuradora Natasha Rebello Cabral visitou o estádio na terça-feira e o MP anunciou que convocará a WTorre a pagar uma indenização por "dano moral coletivo", além de pedir à construtora que assine um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta. Se a empresa não concordar, será acionada na Justiça.

Relembre o caso: Desabamento nas obras da Arena Palestra mata um operário

Contra a WTorre também pesa o passado recente. O Ministério Público informou que recebeu em 2012 "vários autos de infração lavrados por fiscais do trabalho por irregularidades relativas à saúde e à segurança no canteiro de obra da Arena Palestra". Por isso, há a convocação do pagamento de uma indenização.

Veja também: Sem alvará, Arena Palestra ainda sofre ameaça de embargo

Com tantos problemas, não foi possível à construtora cumprir sua projeção de retomar as obras nesta quarta-feira, já que o trecho do acidente foi interditado previamente pela Defesa Civil e só será reaberto quando forem confirmadas condições de segurança aos trabalhadores. O resto do estádio tem aval para a reforma continuar, mas isso não ocorreu e a WTorre não se posicionou oficialmente sobre o caso.

E mais: Operário ferido em desabamento na Arena Palestra deixa o hospital

Uma investigação sobre a morte de Carlos de Jesus é conduzida pelo 23ª Distrito Policial e deve ser concluída em um mês. Nessa terça-feira, se ouviu Crispiano do Santos, funcionário que se feriu no desabamento, mas seu depoimento foi considerado "pouco conclusivo" porque ele não pôde constatar o que ocorreu no acidente, já que ficou desacordado.

Inicialmente, a WTorre argumentou que a responsável pela reforma sobre a parte antiga da arquibancada que será mantida é a TLMix, empresa terceirizada. Já deram depoimentos sobre o caso um operário, uma técnica de segurança e um engenheiro da TLMix.

O trecho do acidente corresponde a 10% do Palestra Itália. A WTorre informa que 65% de suas obras estão concluídas. A previsão inicial era de reabertura do estádio até outubro, mas até o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, contava como jogos na Arena apenas a partir de janeiro, o que deve ser oficializado pela construtora após a morte de Carlos de Jesus.

Leia tudo sobre: palmeirasarena palestramultaembargo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas