Entidade decidiu vetar a presença das torcidas das duas equipes em razão da morte de dois torcedores do Ceará no último domingo

Torcedores do Fortaleza são revistados pela polícia cearense antes do clássico do último domingo
Twitter/Reprodução
Torcedores do Fortaleza são revistados pela polícia cearense antes do clássico do último domingo

A Federação Cearense de Futebol (FCF) publicou uma resolução na madrugada desta quarta-feira que suspende a presença de duas torcidas organizadas de Ceará e Fortaleza nos estádios cearenses. Segundo a Federação, a medida atende a uma recomendação feita pelo Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudetor), órgão ligado ao Ministério Público do Ceará.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O MP Cearense entrou em ação após a morte de dois torcedores do Ceará - Glauber de Souza Damasceno e Felipe Mesquita Sousa - antes do clássico contra o Fortaleza, no último domingo. O crime teria sido cometido por torcedores da Jovem Garra Tricolor (JGT), na Avenida Bernardo Manuel, momentos antes da partida.

"Para a JGT, tendo em vista a reincidência na constante prática de atos delituosos, motivo pelo qual já sofreu punição administrativa no ano de 2012, o prazo de suspensão deve ser de 90 (noventa) dias. Para a Cearamor, a suspensão deve ser válida por 60 (sessenta) dias. As suspensões devem ter validade para todo o território nacional", relata o documento.

Veja também: Torcedores do Ceará são mortos antes de clássico com o Fortaleza

De acordo com o Ministério Público, a medida ainda tenciona prevenir novos episódios de violência envolvendo as duas torcidas organizadas, além de "interromper um ciclo de revides e de vingança entre seus integrantes". Os torcedores só serão barrados na entrada dos estádios se estiverem portando adereços que os identifiquem como integrantes da JGT ou da Cearamor. A Federação Cearense também notificará Ceará e Fortaleza, para que os clubes não forneçam ajuda, como doação de ingressos, às torcidas durante o período da suspensão.

Ainda no domingo, a polícia cearense prendeu Francisco Romário da Costa de Santiago. Na noite desta terça-feira, Leandro Alves do Vale também foi preso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.