Volante ressalta evolução do futebol venezuelano nos últimos anos e pede concentração total em busca da vaga na Libertadores

Jean aposta que o jogo contra o Caracas, nesta quinta-feira será complicado
André Luiz Mello / Agência O Dia
Jean aposta que o jogo contra o Caracas, nesta quinta-feira será complicado

O Fluminense se prepara para definir sua classificação para as oitavas de final da Libertadores nesta quinta-feira, quando enfrenta o Caracas, em São Januário. Um resultado positivo ou até mesmo um empate garante a equipe na próxima fase da principal competição sul-americana. Mesmo assim, o volante Jean faz questão de pedir atenção com o adversário, que ainda tem chances de avançar e vem mostrando a evolução do futebol venezuelano nos últimos anos.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não só o futebol deles, mas o futebol mundial está evoluindo muito, ficando igual. Se não entrar concentrado, forte, com certeza vamos perder a classificação. Não tem esse negócio de jogo fácil. Vai ser difícil, como nos últimos anos", refletiu o volante, que tem sido improvisado na lateral direita para vestir a camisa da seleção brasileira - o jogador foi convocado para o amistoso do dia 24, contra o Chile, nesta terça-feira.

Veja também: Sem estrelas, Fluminense ensaia trio com Rhayner, Nem e Sóbis para quinta

Jean afirmou que mesmo com os desfalques de Fred, Deco e Thiago Neves, todos lesionados, o Fluminense tem um elenco forte e que já mostrou poder suportar qualquer adversário e adversidade. O jogador destacou que os tricolores conquistaram o título brasileiro mesmo sofrendo com lesões de jogadores durante da competição.

"Acho que o principal do Fluminense é a força do nosso elenco. Isso já está mais do que provado devido aos títulos conquistados. Lógico que com a presença de jogadores mais experientes a gente ganha força, mas quem entrar em campo vai representar bem o time. Dentro de campo nós temos que nos unir e jogar bem para buscar essa classificação", finalizou.

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.