Federações aprovam contas da CBF no primeiro ano de Marin

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O resultado da votação foi conhecido na manhã desta terça-feira, na Assembleia Geral Ordinária, que aconteceu na sede da CBF, no Rio de Janeiro

Divulgação/CBF
Marín é presidente da CBF

As contas do exercício de 2012 do presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marín, foram aprovadas na manhã desta terça-feira, com unanimidade pelos 27 presidentes de federações do Brasil. O resultado da votação foi conhecido na manhã desta terça-feira, na Assembleia Geral Ordinária, que aconteceu na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O balanço incluía, além dos gastos da Confederação, os investimentos feitos para a compra do prédio para a nova sede. Os presidentes de todas as federações concluíram que inclusive estes investimentos, que beiraram os R$ 70 milhões e estão cercados de muita suspeita, são normais.

Leia mais: Após pedir prisão de Marin, Romário cobra CPI da CBF e investigação

A suspeita se deve à maneira com que o prédio comercial localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro foi comprado. Primeiro Marin anunciou a compra, que só viria a ser efetuada um mês depois.Neste ínterim, algumas salas do prédio foram vendidas por R$ 12 milhões e revendidas à CBF por R$ 43 milhões. Por fim, as outras salas foram adquiridas, acumulando os R$ 70 milhões. Para os presidentes das federações, as empresas que avaliaram o imóvel eram idôneas e as análises não demonstram irregularidade alguma.

Leia tudo sobre: seleção brasileiramarincbf

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas